back to top

O Xbox deveria reduzir o número de variações da assinatura Game Pass, e eu vou explicar o porquê!

A Central Xbox possui parceiros, que ajudam a manter nosso canal em funcionamento. Se você comprar algum produto ou serviço de algum link dentro do nosso site, nós podemos ganhar uma comissão.

Ahh o Game Pass, serviço de jogos por assinatura mais parrudo do mundo, a biblioteca mágica com centenas de títulos já lançados – e que entrega exclusivos e terceiros que chegam no dia do seu lançamento sem nenhum custo adicional.

Uma das vitrines mais incríveis que os jogadores têm acesso, se popularizou devido a sua simplicidade em oferecer os jogos que todos gostamos, em apenas um único local, com o grande diferencial de serem acessados através do Console e PC, e agora também, através do Cloud Gaming, sem a necessidade do uso de um dispositivo físico para armazenar e processar os jogos.

Atualmente, o Xbox oferece quatro diferentes tipos de assinatura do serviço: Game Pass Core, Game Pass para PC, Game Pass para Console e Game Pass Ultimate. Na teoria pode até ser interessante, mas na prática é outra conversa.

Dentre todas as assinaturas, a versão Ultimate é a mais completa e cobiçada de todas, pois além de oferecer os jogos – que é o principal incentivo do serviço – é aquela que dará acesso a todos os mimos criados dentro do ecossistema do Xbox. Mesmo assim, ainda temos diferentes variações de assinatura para diferentes tipos de públicos.

Agora, tirando o fato de que você pode economizar alguns reais, utilizar as outras opções, diferencia quase nada ou proporciona quase que zero diferença em comparação a assinatura mais completa. Além disso, essa quantidade de assinaturas, acaba complicando para o consumidor geral, qual deve ser a melhor versão a ser adquirida.

Vimos a pouco tempo, a Microsoft encerrar a saudosa assinatura Live Gold que viveu de novembro 2002 até setembro de 2023. Foram 21 anos de existência, daquela que seria a única assinatura que você necessitaria para ter total acesso ao mundo online do Xbox.

É claro que o mundo gira, o tempo passa, as coisas evoluem, e a assinatura Live Gold, passou de supra sumo único, a um produto utilizado na sua maioria das vezes para converter a assinatura anual em Game Pass Ultimate – que por sinal ajudou milhares e pessoas assim como eu. Não era nada ilegal, mas com certeza, comia uma grande fatia do resultado financeiro do Xbox.

Com o encerramento do Xbox Live Gold – e sua substituição pelo Game Pass Core – a Microsoft perdeu a chance de tornar o Game Pass um serviço quase que único, proporcionando uma única assinatura para que você pudesse ter acesso a todo ecossistema, mas, por que isso não aconteceu?

Parte pelo fato de serviço conter uma grande fatia de assinantes utilizando o Game Pass Core, e outra parte por ainda existirem jogadores que não se preocupam em ter centenas de jogos, querem apenas rodar um número muito de títulos e se aventurar em partidas online.

Neste último caso, a fatia ainda aumenta quando falamos em jogos free-to-play, como é o caso de Fortnite, Apex, Warzone, Rocket League e Destiny (além de outros), e então, se as pessoas não precisam de assinatura para esse tipo de jogos, a Microsoft não os converte em assinantes.

Gostaria de deixar claro, que eu sou total contra a obrigação de uma assinatura para jogos online e multiplayer. Atualmente, para quem joga através do computador, isso não é necessário, então, por que não seguir o mesmo princípio para quem está no console? Sei que o buraco é mais embaixo, porém, na minha opinião, seria muito mais prático se a Microsoft educasse o seu público para adquirir uma assinatura ‘única’ do que proporcionar várias assinaturas para pescar diferentes usuários.

Por falar em não precisar de assinatura para jogar online no computador, o PC Game Pass libera acesso ao catálogo de jogos do Xbox e também EA PLAY, o que é um grande diferencial, principalmente quando falamos de FIFA e Battlefield, dois jogos que carregam público, e estão liberados no PC para assinantes do serviço.

Voltando ao Game Pass Core, esse te permite jogar online e multiplayer, e de lambuja te oferece cerca de 30 jogos (que são constantemente atualizados). Na contramão do Core, temos o Game Pass para Console, que NÃO é a mesma coisa no PC. Nesta variação da assinatura, o jogador terá acesso ao catálogo de jogos do Xbox, porém NÃO terá como jogar online bem como acesso a biblioteca do EA PLAY. E o preço NÃO faz o mínimo sentido. Se pararmos para analisar, nada mais são do que assinaturas-bengalas.

Na minha visão, partindo do princípio, o PC Game Pass custa R$29,99/mês, Game Pass para Console R$32,99/mês e Game Pass Core custa R$34,99/mês, e com uma diferença máxima de R$5, todas deveriam ser mescladas se tornando uma única assinatura. Por um valor justo, automaticamente removeria a limitação de quem está no Console jogar online, e ter acesso ao EA PLAY, e manteria o mesmo formato para quem está no PC.

Olha só, de três assinaturas ‘bengalas’ passamos a ter uma só, e então a Microsoft passaria a oferecer apenas duas assinaturas em atividade, que seria o Game Pass Core (ex: gosto do nome) e o Game Pass Ultimate.

E se a gente parar pra analisar ainda mais a fundo, tudo isso fica muito mais complexo se o assinante quer compartilhar sua conta com uma segunda pessoa, e/ou se uma dessas pessoas envolvidas quer utilizar o Cloud como forma primária de jogo. O Cloud é parte de um todo, e sem a assinatura Game Pass Ultimate, nada disso será possível. Fica ainda pior, pois, se você quiser compartilhar, a segunda pessoa não poderá utilizar o Cloud sem que façam um esquema com uma terceira conta neutra.

E mesmo que eu possa parecer contraditório, se reduzissem o número para apenas duas versões de assinatura, poderíamos trazer a vida a assinatura Game Pass Cloud, voltada apenas para aqueles que utilizem seus dispositivos móveis, e não tenham como aproveitar outros benefícios da assinatura Ultimate. Nela, seria possível extrair tudo que o Cloud tem a oferecer, e permitiria o compartilhamento de acesso entre duas pessoas.

Ainda sim, eu manteria apenas duas assinaturas, e isso seria muito mais simples e objetivo na arte de educar a comunidade, qual opção cairia melhor para seu estilo de jogo, e qual dela supriria melhor para sua diversão.

Se você quer renovar ou precisa assinar o Game Pass Ultimate, é só acessar o site dos nossos parceiros da Very Hard Games, buscar o atendimento online e aproveitar os melhores preços e condições de pagamento do Brasil. Acesse o link e entre em contato via atendimento.

Só na Very Hard Games você compra Game Pass Ultimate, Live Gold e Cartões Presente com os melhores preços do Brasil. Além disso, você pode adquirir os jogos lançamentos em até 3x sem juros no cartão com a garantia e segurança que só a VHG proporciona para você.

Leozera
Leozerahttps://centralxbox.com.br
Natural de São Paulo - BR, atualmente morando na Florida - USA, tem mais de 20 anos de experiência com Marketing, ama música, toca bateria e seu principal hobby são os games.
218,212FãsCurtir
37,207SeguidoresSeguir
8,951SeguidoresSeguir
86,200InscritosInscrever

LEIA MAIS

Novas imagens do Stalker 2 foram reveladas!

Stalker 2 ganha novas imagens

Através de uma publicação, a desenvolvedora ucraniana GSC Game World compartilhou novas imagens do Stalker 2, novo exclusivo do Xbox. Nas novas imagens, a GSC...
A Microsoft pode estar planejando uma mudança na estratégia de consoles!

Jornalista garante continuidade do Xbox na Europa e reforça desenvolvimento de nova geração

Após o jornalista Tom Warren afirmar que a Microsoft estaria planejando "parar de promover" os consoles Xbox na Europa, outro jornalista, o conhecido insider...
Novas mudanças no Microsoft Rewards afetarão o Game Pass!

Mais mudanças no Game Pass: não será possível resgatar assinaturas com pontos do Microsoft...

E o recente aumento de preço do Game Pass não é a mais nova mudança que o Xbox preparou para o serviço, já que...
Confira o trailer de lançamento do Tchia no Game Pass!

Confira o trailer de lançamento do Tchia, novo jogo do Xbox Game Pass

Através do canal oficial do Xbox no YouTube, a desenvolvedora indie Awaceb revelou o trailer de lançamento do Tchia, novo jogo do Xbox Game...
A Kinetic Games revelou a janela de lançamento do Phasmophobia no Xbox!

Estúdio revela janela de lançamento do Phasmophobia no Xbox

Em uma declaração, o estúdio indie Kinetic Games revelou a janela de lançamento do Phasmophobia no Xbox. Segundo compartilhado pela Kinetic Games, a aguardada versão...
Estes jogos sairão do Game Pass na próxima segunda-feira!

Lembrete: estes jogos deixarão o Game Pass na próxima segunda-feira (15)

Com a chegada da metade do mês de julho e com a primeira leva de jogos do Xbox Game Pass próxima já revelada, a...

Aproveite para renovar o assinar 12 meses de Game Pass Ultimate antes do Reajuste

Não é mais segredo para ninguém, o time do Xbox divulgou um reajuste de preços das assinaturas Game Pass com efetivo aumento já no...
Confira o novo trailer de história do Flintlock!

Flintlock: The Siege of Dawn, do Game Pass, ganhou um novo trailer de história

Através do seu canal oficial no YouTube, a desenvolvedora A44 Games revelou um novo trailer de história do Flintlock: The Siege of Dawn, novo...