Uma aventura de tirar o fôlego! Riders Republic

Desenvolvido e publicado pela Ubisoft, Riders Republic nos traz diversão garantida e muita insanidade. O nosso time desceu a ladeira fez uma grande análise e o resultado dessa experiência você confere agora.

Jogabilidade Riders Republic

Aqui temos a parte mais interessante do jogo, que é a gameplay recheada de muita insanidade e com manobras bem variadas, o jogador pode optar por algo mais arcade ou algo mais manual que deixa um pouco mais próximo de uma simulação.

Ele tem uma dinâmica bem parecida com Steep só que aqui temos uma diversidade de esportes como ciclismo, esqui, snowboard e até mesmo um traje planador.

Ao longo da sua aventura vão sendo desbloqueados novos desafios e novas modalidades esportivas, de acordo com a quantidade de estrelas que o jogador vai ganhando ele vai desbloqueando novas ”campanhas” que chegam com mais uma infinidade de desafios

Claro que não poderia faltar bom humor no jogo e temos várias corridas temáticas, tem corrida de ursinho, de girafa, de bicicleta de pizza e até mesmo com o clássico carrinho do sorvete.

Conforme vai subindo de nível seu personagem ganha novos itens melhores para as próximas corridas, apesar de serem itens melhores o que muda de um para outro é um pouco da performance e a cor, os itens mais legais ficam na lojinha.

A progressão é bem simples, basta ir cumprindo os desafios principais e os secundários para conseguir liberar novas corridas e desafios.

A campanha é legal e nela conseguimos realizar eventos especiais como X-Games e corridas da Red Bull mas com o tempo ela acaba ficando meio mais do mesmo e isso torna as coisas repetitivas, o que deixa um pouco interessante é o fator online.

Riders Republics | Central Xbox

Gráfico e Som

Os gráficos são bonitos mas nada de muito diferente do que já vemos em jogos da Ubisoft, graficamente a empresa parece que estagnou e fica naquele não piora mas também não evolui.

O jogo conta com muitos pop-ups de cenário mesmo jogando em um console da nova geração, e em alguns momentos demora um pouco para renderizar as texturas.

Apesar disso a ambientação é bem bonita e variada, temos desde florestas até picos gigantescos recheado de montanhas no deserto e até mesmo neve, o jogo conseguiu unir muito bem vários biomas sem deixar ficar esquisito

A parte sonora continua muito boa, e em o jogo recheado de esportes radicais a trilha sonora é super importante para deixar a aventura a ainda melhor, e aqui não é diferente, temos ótimas músicas que te colocam dentro desse mundo radical.

Riders Republic | Central Xbox

Multiplayer

O multiplayer é super divertido principalmente nas corridas onde temos uma infinidade de players descendo a ladeira realizando manobras super insanas, nada melhor que juntar os amigos e sair praticando várias loucuras em florestas, no meio do deserto e até mesmo na neve.

A Ubisoft está tentando mais uma vez engajar com um jogo focado no multiplayer para justamente fazer um live-service e ficar atualizando ele eternamente, mas não sei se esse jogo terá todo o poder para virar algo ”infinito

Claro que não poderia faltar a lojinha com uma uma gama gigantesca de micro-transações, e pra variar grande parte dos itens mais legais são extremamente caros.

Conclusão Riders Republic

Riders Republic é mais uma tentativa da Ubisoft emplacar com um jogo focado no multiplayer, o jogo tem uma diversão bem interessante e tudo fica melhor quando se é jogado com seus amigos, a campanha é legal mas acaba ficando meio monótona,  não sei se isso é suficiente para ele ficar relevante por muito tempo.

Pontos Positivos
  • Divertido jogar com amigos;
  • Gameplay bem simples.
Pontos Negativos
  • Lotado de micro-transações;
  • Pop-ups de cenário.

Riders Republic já está disponível na Microsoft Store por R$279,95.

Essa análise foi feita em um Xbox Series S utilizando um código gentilmente cedido pela assessoria da Ubi no Brasil.

Você pode nos seguir no YouTube, Twitter, Instagram ou Facebook para ficar por dentro das novidades mais recentes da família Xbox. Se quiser, pode ver outras análises feitas pelo nosso time clicando aqui.

Riders Republic