Pega essa Análise! Judgment

0
268

Pancadaria e investigação! Judgment

Judgment, spin off de Yakuza, foi desenvolvido pela Ryu Ga Gotoku Studio e mostra que uma boa história é construída com muito mais do que troca de sopapos pela cidade. Ainda mais com uma versão mais “robusta”, remasterizada para a geração atual, que conta com melhorias como suporte a 4k, 60 fps, carregamentos mais rápidos e todo o conteúdo já lançado para o game!

História

Takayuki Yagami, um ex-advogado, após conseguir a absolvição de um cliente acusado de assassinato, resolve abandonar os tribunais ao ficar sabendo que esse mesmo cliente, acabou cometendo outro assassinato. Yagami decide mudar seu destino, usando suas habilidades para resolver casos como detetive particular. Essa escolha faz com que ele se envolva com gente perigosa e com interesses perversos em busca do perigoso e ardiloso serial killer conhecido como “O toupeira”.

Judgment

Jogabilidade

Judgment, apesar de seguir o mesmo caminho dos jogos da franquia Yakuza, se diferencia em alguns bons aspectos. A pancadaria pelas ruas ainda róla solta, mas agora com pitadas interessantes de investigação. Kamurocho, a cidade onde a trama se passa, é lotada de side quests e atividades de entretenimento. São tantas coisas para fazer entre uma investigação e a pancadaria, que ás vezes o foco na trama principal acaba se perdendo.

Alguns elementos são bem conhecidos da galera que jogou os games Yakuza, especialmente em relação ao combate (apesar de ter ficado mais simples e divertido) e a exploração. Mas Judgment entrega alguns bons novos elementos para complementar a gama de habilidades do protagonista. O combate é a parte mais divertida do game e nesses aspecto o grande segredo é a simplicidade. Podemos escolher entre dois estilos de combate para encarar oponentes individualmente ou em bando e utilizar alguns elementos dos cenários como armas. Além da tradicional barra de vida, existe a barra de EX-Gauge que permite ao jogador desferir uma finalização e acabar com o oponente! Essa barra pode ser reestabelecida enchendo a cara. Isso mesmo! Tomar umas pode ser uma boa aqui.

Mas tudo tem um pequeno custo. Se ficar bêbado, alguns de seus ataques podem ficar comprometidos e aí as coisas podem se complicar um pouco. Ainda bem que, para todo problema, existe uma solução! Yagami conta com algumas habilidades e melhorias que são desbloqueadas com pontos de SP, acumulados ao longo do jogo. Essas habilidades variam entre aumento da barra de vida, resistência física, força e claro, ficar mais resistente a bebida alcoólica. Com o tempo nem de Engov você vai precisar! Também é possível encontrar e comprar itens diversos, como bebidas e alimentos que recuperam a barra de vida, materiais e roupas diversas.

JudgmentO mapa da cidade de Kamurocho é lotado de lojas, restaurantes e casas de jogos. Aqui preciso destacar algumas coisas bem legais que são possíveis fazer pela cidade. Já pensou em jogar Space Harrier ou Virtua Fighter em Judgment? Visite casas de jogos e jogue algumas fichas para relembrar alguns games nostálgicos da Sega! Ah! Você ainda pode aproveitar para trocar uma ideia com alguma cremosa pela cidade e conseguir um romance!

Essas atividades são divertidas e muitas delas estão inseridas em algumas side quests. Apesar de não agregarem à história principal, algumas missões secundárias são bem divertidas e outras nem tanto. Por isso, se você quiser ter uma experiência aprofundada com o game, recomendo explorar bem os cantos da cidade para ajudar alguns habitantes malucos. O mapa da cidade é dividido em distritos, cada um deles recheado de coisas pra fazer. É possível pegar um táxi para se deslocar mais rapidamente por esses distritos.

Mas vamos ao que interessa realmente. A investigação! Yagami possui muitas habilidades para fuçar cada caso e descobrir a verdade. É possível observar alguns detalhes como manchas de sangue pela calçada, rastros de pneu, machucados nas vítimas, etc. Ao analisar tudo em cada caso, basta cruzar essas informações com as informações adquiridas ao ouvir testemunhas e seguir para o próximo passo. Infelizmente o jogo não tem legendas em português, o que vai dificultar bastante a experiência para quem não tem um mínimo conhecimento de inglês, mas algumas coisas são bem implícitas e basta um pouquinho de raciocínio para resolver a situação.

Existem muitos diálogos no jogo e algumas cutscenes são assustadoramente grandes, então prepare-se para ler bastante. Existem muitas opções de diálogo e essa é uma característica importante, uma vez que iremos precisar extrair informações de testemunhas e vários personagens ao longo do jogo.

Apesar de divertido, o jogo sofre com alguns problemas. Existem algumas missões de perseguir alvos sem ser notado que são excessivamente longas e chatas. Infelizmente existem várias dessas missões o que prejudica bastante o ritmo do game. Além de alguns combates excessivamente repetitivos que aparecem ao explorar a cidade. Apesar do combate ser divertido, esse excesso acaba por minar a experiência.

Gráfico e Som

JudgmentJudgment conseguiu pegar toda a atmosfera dos games Yakuza e elevou o nível. Os gráficos são lindos e retratam uma cidade viva e coberta de luzes e detalhes. A quantidade de detalhes dos cenários são absurdas e a qualidade das animações faciais dos personagens é digna de nota. A movimentação do nosso personagem e das pessoas perambulando pelas ruas não é tão fluída mas isso não chega a ser um incômodo. A quantidade de coisas acontecendo ao mesmo tempo é incrível e faz com que o jogo tenha toda uma atmosfera única que contribui exponencialmente para a imersão do jogador nesse universo.

A parte sonora do jogo também não deixa a desejar. Como a cidade é cheia de luzes e gente, o barulho da cidade é muito bem retratado, assim como os sons das coisas se partindo ou os efeitos sonoros das porradas. A música do jogo segue a pegada investigativa do game e, em alguns momentos, passa ao jogador exatamente o clima de diversão e tensão que se alternam o tempo inteiro durante o game.

Conclusão

Judgment é um jogo mais “polido” e bonito. Apesar de sofrer com alguns problemas, o jogo conta com um combate simples e divertido, uma boa história, novas mecânicas e personagens interessantes. Recomendo especialmente para quem curte a franquia Yakuza, para aqueles jogadores que pretendem mergulhar no universo do game, quem curte longos diálogos e entende um mínimo de inglês e claro, para aqueles que tem bastante tempo, porque afinal de contas, a experiência será bem legal. Se você não tiver alguns desses requisitos acima, jogue e se divirta sem muitas preocupações porque apesar de tudo, Judgment é uma game que vale a pena.

Pontos Positivos
  • História;
  • Diversão;
  • Ambientação e gráficos;
  • Combate divertido e simples;
  • Imersão.
Pontos Negativos
  • Diálogos gigantescos;
  • Não disponibiliza legendas em português;
  • Missões de perseguição longas e chatas;
  • Combate pode se tornar repetitivo demais.

Judgment foi lançado para a plataforma Xbox em 23 de abril de 2021 e está disponível na Microsoft Store por R$199,95.

Você pode nos seguir no YouTube, Twitter, Instagram ou Facebook para ficar por dentro das novidades mais recentes da família Xbox. Se quiser, pode ver outras análises feitas pelo nosso time clicando aqui.