Pega essa Análise! Outriders

0
235

Chegou a hora de se tornar um Outrider?S

Outriders, novo RPG de ação em terceira pessoa publicado pela Square Enix e desenvolvido pela People Can Fly (Bulletstorm e Gears of War: Judgement) chegou com toda a pompa de um game que promete acumular uma legião de fanáticos jogadores.

Com o título disponível no Game Pass, não faltaram novos gamers dispostos a dedicar preciosas horas destruindo os inimigos em um novo mundo arrasado por uma guerra aparentemente interminável. O game pode ser jogado solo ou em co-op com mais 3 pessoas. Legal hein! Mas nem tudo são flores amiguinhos.

História

OutridersApós o planeta Terra ser assolado por inúmeras catástrofes cataclísmicas, parte da humanidade se vê obrigada a embarcar em uma jornada espacial em busca de um novo refúgio, o planeta Enoch. Os primeiros humanos a desembarcarem no novo lar, inicialmente encontraram o ambiente perfeito para uma segunda chance de fazer a humanidade prosperar. Mas as coisas não demoraram muito e os esperançosos exploradores foram recebidos por uma tempestade de energia chamada de Anomalia.

Uma estranha energia capaz de modificar alguns seres humanos e criaturas nativas, dando-lhes poderes incríveis. Após a confusão causada pela tempestade, nosso personagem é congelado e, ao despertar várias décadas depois, encontra um mundo completamente devastado. Uma guerra entre sobreviventes toma conta dessa nova realidade, forçando nosso personagem, agora um Outrider (nome dado aqueles que adquiriram poder graças a Anomalia), a entrar em combate e tentar entender o que está acontecendo e como dar um fim a guerra.

Jogabilidade

Apesar de uma história definida, Outriders faz o jogador mergulhar em uma batalha linear com elementos bastante conhecidos por jogadores de Gears of War, Anthem e Destiny. A jogabilidade lembra muito Gears com tiroteios frenéticos, hordas de inimigos e aquela dinâmica de atirar e correr atrás de uma cobertura. São poucas a opções de personalização do personagem e as armas do game seguem o mesmo padrão com que estamos acostumados a ver em outros shooters.

Escopetas, fuzis de assalto, pistolas etc. Porém, algumas armas possuem características únicas de acordo com o nível de raridade e pra quem curte, é bem legal ficar de olho em algumas dessas características para utilizá-las da melhor maneira possível em combate. Essa mesma característica se aplica ao equipamento. Capacetes, luvas, botas e armadura seguem a mesma dinâmica

OutridersAlém do armamento convencional, nosso Outrider pode utilizar seus poderes para arrebentar com qualquer resistência inimiga. Logo no início o jogador pode escolher entre quatro classes de poderes, cada uma uma com sua própria árvore de habilidades, onde o jogador pode escolher onde gastar seus pontos de acordo com seu estilo de jogo. O jogador pode equipar 3 habilidades diferentes da mesma classe, mas outras habilidades vão sendo desbloqueadas a medida que o jogador sobe de nível.

Um fator legal de observar em Outriders, é que a mecânica do combate, motiva o jogador a ser mais agressivo independentemente da classe escolhida, pois ao utilizar suas habilidades especiais, o personagem consegue absorver um pouco de vida em meio ao tiroteio desenfreado.

OutridersFicar escondido enquanto o “pau come” definitivamente não é uma boa opção, uma vez que os inimigos vão atacar impiedosamente. Aliás a IA dos inimigos não é lá grande coisa, mas também não chega a ser ruim. Outro pequeno problema que incomodou um pouco foram os loots meio desequilibrados. Existem os graus de mundo no jogo. Quer deixar o game mais desafiador e com loots melhores, aventure-se em níveis mais altos de mundo! Só que, em várias vezes, foi muito esforço para uma recompensa bem ruinzinha.

Tanto as missões principais quanto missões secundárias, são divididas por áreas que vão sendo liberadas ao longo do jogo e podem ser revisitadas através da viagem rápida em acampamentos. O grande problema aqui é que muitas vezes vamos passar pelo mesmo lugar para cumprir missões diferentes e existe uma desnecessária animação de segundos que entra toda santa vez que vamos pular um buraco ou abrir uma porta. Poxa vida pra que isso?? Deixa o cara pular o buraco de boa!

Gráfico e Som

Os gráficos de Outriders são bonitos mas nada surpreendentes e não há muita coisa a se destacar aqui. Já a ambientação é muito boa. A variedade de cenários é satisfatória, assim como o seu design e dos inimigos, armas e equipamentos. Já os personagens, apesar do esforço em terem algum carisma único, são bem genéricos e sinceramente, a dublagem também não ajudou muito.

Problemas?

Outriders tem seus problemas? Tem! Mas ainda assim é um shooter bastante divertido. Divertido o bastante para sobreviver por muito tempo? Hum.. Aí a coisa pode mudar de figura. Até agora o que foi entregue foi uma experiência divertida para se jogar em equipe (e nem tanto para se jogar sozinho). Até dá para jogar o game todo solo, mas Outriders é um looter! E convenhamos que esse tipo de jogo fica bem mais atraente jogando com uma galera. Quanto tempo a galera vai ficar interessada no game? Difícil responder. O fato é que, se não criarem novos conteúdos pra o jogo, Outriders pode estar fadado ao esquecimento.

Além disso, desde o lançamento do jogo, muita gente tem reclamado das quedas de servidor, jogo ‘crashando’ ou fechando do nada, e também, desconexão durante uma partida. Em todos os casos é notória a frustração por parte de todos, uma vez que dependendo do modo e dificuldade selecionada para a aventura, é possível perder horas investidas, limitando o objetivo a apenas sua frustração.

Conclusão

Outriders é um game pra turma que curtiu a experiência em Destiny e outros games do gênero. Com um tempero “Gears of War” de um combate intenso, o jogo é bem divertido, especialmente jogando com amigos. Nossa preocupação é em relação a futuros conteúdos que possam manter o interesse dos jogadores no game. Pra galera do lado verde da força, aproveita que o jogo está disponível no Game Pass, junta uns amigos aí e bora trocar uns tiros com hordas insanas de inimigos. Mas, aqui fica a dica hein, não vai com muita sede ao pote. A experiência é boa e, por enquanto, é só isso.

Pontos Positivos
  • Jogabilidade;
  • Diversão;
  • Combate insano;
  • Controles.
Pontos Negativos
  • Desequilíbrio entre desafio e recompensas;
  • Problemas de conexão;
  • End game com pouco conteúdo.

Outriders foi lançado para a plataforma Xbox em 1 de Abril de 2021 e está disponível na Microsoft Store por R$279,90 e gratuitamente para assinantes do Game Pass.

Seja membro VIP da Central Xbox no YouTube e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Clique aqui e saiba mais.

Xbox Game Pass Ultimate é o serviço por assinatura que une Xbox Live Gold + Xbox Game Pass em apenas uma conta, podendo jogar online, bater papo com amigos, resgatar os jogos do Games with Gold, ter descontos exclusivos além de muitas outras vantagens, enquanto o Game Pass é a biblioteca de jogos por assinatura, onde você terá disponível uma grande quantidade títulos atualizados todos os meses, incluíndo todos os exclusivos do Xbox no lançamento.

Vale lembrar que você pode assinar o Xbox Game Pass Ultimate por apenas R$5. Clique aqui e assine! *Válido apenas para novos assinantes.

Você pode nos seguir no YouTube, Twitter, Instagram ou Facebook para ficar por dentro das novidades mais recentes da família Xbox. Se quiser, pode ver outras análises feitas pelo nosso time clicando aqui.