Pega essa Análise! Samurai Shodown

0
1218

Um clássico que retornou com tudo!!! Samurai Shodown

Se Samurai Shodown é um nome que te traz à mente a saudosa época dos fliperamas, parabéns amigo, você vivenciou a época de ouro dos games de luta. Samurai Shodown fez parte de um seleto grupo de games inesquecíveis na época. Horas de gameplay e muitas fichas gastas em embates sangrentos entre incríveis guerreiros, era algo bem comum na época, mas Samurai Shodown, foi além. O game trazia uma ambientação oriental soberba e músicas espetaculares, além de um grupo de guerreiros que portavam armas! Algo que não se via em quase nenhum game de luta da época.

Esse fator proporcionou ao jogo uma jogabilidade única, onde o menor dos vacilos poderia ser letal. No lugar de “hadoukens” e combos devastadores, Samurai Shodown trazia um elemento um pouco mais estratégico no combate. Não era melhor nem pior que qualquer outro game de luta, mas o game tinha seu próprio estilo de combate e talvez o grupo de lutadores mais legais de todos os tempos.

Samurai Shodown

Após um longo período sem notícias, Samurai Shodown passou a povoar apenas a memória daqueles que lá, duelaram naquela época. Até que finalmente, fomos presenteados com um reboot do game!

Um verdadeiro presente para os fãs? Posso garantir que sim! O reboot de Samurai Shodown, conseguiu manter a essência dos clássicos e renovou algumas mecânicas deixando o jogo mais equilibrado e competitivo. Alguns vão torcer o nariz com o fato da movimentação dos personagens ter ficado mais “pesada”, ou com os gráficos e qualquer outro tipo de coisa que, na minha opinião, são irrelevantes e aqui mostro o por quê.

Jogabilidade

Vou começar pela jogabilidade. A tal movimentação mais “pesada”, em relação aos títulos anteriores, realmente não permite ao jogador aquele estilo de jogo mais “solto”, mais agressivo, porém o componente estratégico supera essa mudança. Agora, qualquer vacilo é severamente punido e o jogador vai pensar duas vezes antes de levantar a espada contra o oponente. A ideia aqui parece ter sido equilibrar a balança e deixar o combate mais técnico.

E nesse fator específico, o reboot de Samurai Shodown dá uma aula! Afinal de contas, em um jogo de luta, o que importa é o equilíbrio entre as habilidades do personagem e a técnica do jogador certo? Quem curte um game de luta mais rápido e despreocupado com essa questão técnica, passe longe desse game.

Vale ainda destacar duas novas mecânicas que aparecerem nesse game e que pode realmente definir o combate. A primeira delas é a técnica de desarmamento. Um movimento específico para desarmar o oponente e obter vantagem no combate. Essa técnica só poderá ser utilizada com sua barra de especial no máximo. Então é aquilo né, a estratégia do jogador pode sim definir o combate!

A outra é o Corte Final. Essa sim é uma técnica que pode salvar aquele round praticamente perdido. Apesar de extremamente arriscada, já que você perderá completamente sua barra de especial pro resto da luta, se o golpe acertar, o oponente perderá uma boa quantidade de vida e essa característica pode salvar o round e colocar você de volta ao combate. O problemas das duas novas técnicas é o mesmo. Você precisa encontrar o momento certo para utilizá-las pois o erro pode ser fatal.

Gráfico e Som

Samurai ShodownJá a parte gráfica do game também manteve sua essência. Óbvio dizer que os gráficos estão mais legais que nas versão antigas do game, mas Samurai Shodown manteve a lindíssima ambientação (vale destacar aqui o cenário do Genjuro), e toda atmosfera oriental que sempre foi marca registrada da franquia. Os efeitos pelos cenários e nos golpes dos guerreiros estão belíssimos. Vale destacar o sangue aparecendo aos poucos nas roupas dos personagens e alguns detalhes incríveis nas animações.

Algumas pessoas vão dizer, “nossa mais o gráfico tinha que ser mais bonito”, mas quem nunca né? Mas isso é uma questão pessoal e puramente estética que definitivamente amigos, não influencia em absolutamente nada na experiência com o game.

As músicas continuam de altíssimo nível, misturando a característica pegada clássica dos games dos anos 90 com incríveis arranjos orientais. Mas o que é importante destacar aqui é como a trilha sonora do jogo se encaixa de forma absolutamente perfeita na atmosfera do jogo. Em vários momentos, a música parece conduzir o combate, levando a experiência a outro patamar.

Samurai Shodown possui alguns modos de jogo básicos e alguns que poderiam ter sido melhor aproveitados. É preciso destacar o modo história que infelizmente é relativamente curto e deveria ter sido melhor trabalhado, mas isso é minha opinião pessoal, já que eu curto bastante me envolver por horas na história dos personagens. O jogo se passa em 1787, durante a Era Tenmei da história japonesa. Shizuka Gozen, o espírito falecido de uma jovem que está possuída e presa em Yomi, (rotulada de Eternidade no próprio jogo) ameaça destruir o Japão. Guerreiros movidos por seus próprios objetivos, lutam para derrotar esse mal.

Samurai ShodownAlém do modo história, o jogo possui o modo de Batalha (Versus offline, Contra o tempo, Sobrevivência e Luva de Aço), Dojo (dividido em Desafio Homem de Aço (uma série de 100 fantasmas controlados pela CPU) e Disputa Fantasma, onde após algumas partidas, os jogadores podem lutar contra seus próprios fantasmas de inteligência artificial ou contra fantasmas de outros jogadores, compartilhando posteriormente as pontuações online nos placares de líderes.), Modo de Treino e o Online (Liderança, Casual e Rankeada), o combate online, apesar de alguns problemas em encontrar partidas e ranqueamento, é bem divertido.

O game recebe conteúdos constantes através de passes de temporada que disponibilizam 4 novos personagens em cada season! Ou seja, a gama de personagens continuou crescendo desde o seu lançamento em 2019!

Conclusão

Samurai ShodownSamurai Shodown carrega o peso de seus antepassados e reproduz com maestria toda a sua atmosfera única, trazendo novos elementos mas se mantendo fiel as suas tradições. Um game que agrada os fãs da franquia e ao mesmo tempo consegue atrair novos jogadores. Recomendo fortemente para quem curte batalhas técnicas e viscerais e claro, pra que se amarra em game de luta e cultura samurai.

Pontos Positivos
  • Jogabilidade;
  • Ambientação;
  • Trilha sonora.
Pontos Negativos
  • Modo on-line;
  • Modo história relativamente curto.

Samurai Shodown foi lançado para a plataforma Xbox em 25 de Junho de 2019 e sua versão básica está disponível na Microsoft Store por R$222,95.