Pega essa Análise! Doom Eternal

Desafiador, visceral e viciante.

112

Doom Eternal é novo jogo da aclamada franquia visceral da Bethesda Softworks que foi desenvolvido pela id Software e chega para mostrar a evolução e o amadurecimento de uma franquia que já era muito madura, mas que ficou ainda melhor.

A história do game se passa dois anos após os acontecimentos do game antecessor, que foi lançado em 2016. Nosso personagem está da terra que está praticamente tomada por demônios. Nosso objetivo é recuperar o planeta e acabar com o caos instaurado no mundo matando três sacerdotes infernais, que são responsáveis por toda essa confusão.

É claro que não vamos entrar em detalhes por aqui para não estragar sua campanha, mas certamente seria uma das melhores histórias que a id Software desenvolveu se não fosse um detalhe.

Pega essa Análise! Doom Eternal

Doom Eternal é um jogo preparado para quem jogou o DOOM de 2016. É claro que você pode jogar Eternal sem ter jogado o seu antecessor, mas a história não vai ter o mesmo efeito e os plot twists vão ser apenas acontecimentos normais. E esse é o maior problema de Eternal.

E a jogabilidade como está?

Está bem, obrigado! Um dos grandes triunfos dessa franquia é sua gameplay sólida e fluída que fazem o jogador sempre querer mais e mais. Os tutoriais são simples e extremamente funcionais. Apenas o necessário é ensinado ao jogador, nada de grandes textos com diversas informações irrelevantes.

E vale ressaltar que o game está bem mais desafiador que seu antecessor. Uma Motosserra, um acessório que te permite lançar granadas, várias armas e por aí vai. Tudo para você dilacerar os inimigos de diferentes maneiras de acordo com seu estilo de jogo. Ah, as famosas finalizações também estão presentes no game e são aquele delícia de sempre.

Pega essa Análise! Doom Eternal

Existem diversas possibilidades de upgrades em suas armas e em seu traje Slayer. Algumas melhorias fazem sua escopeta disparar mísseis, outros fazem seu lançador de mísseis ter projéteis tele-guiados e por aí vai. São tantas possibilidades que se a gente ficasse aqui listando um por um, íamos levar algumas horas.

Além dos upgrades, também existem runas que podem ser habilitadas para ter habilidades passivas melhoradas e para quem já jogou DOOM, sabe que isso é uma coisa clássica na franquia.

Infelizmente em nossa experiência, nós encontramos alguns bugs de áudio e em alguns momentos quando nosso personagem caía em locais que era morte certa, simplesmente caía no limbo e aí era apertar start e voltar do último checkpoint.

E o modo online?

Aqui não temos um MME ou um Capturar a Bandeira. Existe um modo online que te coloca na pele de Doom Slayer contra dois outros jogadores que são demônios ou vice e versa. Jogamos e gostamos muito do que vimos, é divertido, intenso e viciante!

Está bonito?

Apesar de se passar na terra, o game trás cenários bem infernais que te fazem sentir o real caos e inferno que a terra se tornou. A desenvolvedora mandou muito bem nos detalhes do game, partículas, modelagem dos personagens, localidades magníficas e por aí vai.

Pega essa Análise! Doom Eternal

A dublagem é um show a parte, apesar de alguns dubladores parecerem estar lendo um texto batido, os personagens mais importantes são muito bem dublados e fazem a imersão ficar ainda maior. A trilha sonora é a cereja do bolo, coroa todos os momentos de ação e diálogo.

No final… É DOOM!

Desafiador, viciante e tudo que um fã de DOOM precisa! Doom Eternal não é um jogo que vai agradar a todos, mas é certamente um jogo que vai agradar muito os fãs da franquia.

Doom Eternal já está disponível na Microsoft Store por R$249,00.