Pega essa Análise! Ori and the Will of the Wisps

0
205

Você confere conosco este incrível exclusivo!

Quando joguei Ori and the Will of the Wisps, na BGS 2019, pude sentir o quão forte e sensacional o game seria. A beleza era o que mais me chamava a atenção antes de jogar, mas quando encostei no controle, pude conhecer as novas mecânicas do game que mostram uma enorme evolução do primeiro game para esta continuação.

Pega essa Análise! Ori And The Will of The Wisps

Confesso que quando encostei nesse novo game, uma das primeiras coisas que me vieram a cabeça foi: ” Provavelmente vou morrer bastante, me irritar e fechar o game em algumas poucas horas”. Para minha surpresa, eu passei 5 horas jogando sem nem perceber o tempo passar.

Ori and the Will of the Wisps trás elementos RPG e está ainda mais metroidvania, mas simplifica o combate ao mesmo tempo que deixa tudo mais complexo e grandioso.

A história é emocionante, eu te garanto!

Nossa história começa logo após Blind Forest. Ori e seus companheiros estão cuidando de Kun, coruja órfã de Kuro, vilão do primeiro game. Kun nasceu com uma das asas defeituosas e por isso não consegue levantar voo.

Pega essa Análise! Ori And The Will of The Wisps

Ori tem uma ideia e decide improvisar um reparo na asa com uma pena e Kun consegue voar pela primeira vez na vida. O problema é que durante o voo uma tempestade os pegam de surpresa e faz com que Ori e Kun se percam um do outro em meio aos perigos do mundo de Ori. Nossa jornada começa aqui, e nosso objetivo é encontrar e resgatar Kun que está em algum canto sozinho.

A expansão de um universo e das mecânicas de jogo.

Logo quando começamos nossa jornada, podemos perceber que as coisas mudaram significativamente quando falamos de mecânicas de gameplay. A opção de salvamento manual já não existe mais, aquela coisa de ter que segurar o ‘RT’ para se agarrar numa parede e realizar uma escalada também já não se faz mais presente de maneira manual. Tudo foi automatizado!

Ori está mais inteligente, se agarra sozinho nas paredes e os movimentos do personagem também foram aprimorados, bem como suas animações que ajudam muito no quesito ” dar vida ao personagem”.

É nítido que a desenvolvedora do game fez uma grande expansão no universo de Ori. Acrescentaram mais personagens, locais e um sistema de missões secundárias para que possamos entender um pouco mais sobre o universo do game.

Pega essa Análise! Ori and The Will of The Wisps

O sistema de se segurar em uma parede automaticamente faz parte de uma série de habilidades que são passivas e vão sendo liberada conforme você avança no game ou adquire com Orbes Espirituais em alguns dos novos NPC’s que agora ficam espalhados pelo mapa vendendo aprimoramentos e mapas completos de uma área.

Além dessas novidades, também foram acrescentadas corridas que consistem em ir do ponto A ao ponto B o mais rápido possível para ganhar recompensas. O interessante aqui é que você compete com fantasmas de outros jogadores que também tentam bater o seu tempo recorde.

Os Santuários de Combate também são uma novidade nesse novo Ori. Consiste em uma série de desafios de combate em um único lugar que, quando concluídos, lhe dão recompensas como habilidades ou Orbes Espirituais.

Beleza gráfica e uma das mais belas trilhas sonoras que já ouvimos!

Will of the Wisps chegou para fechar a saga Ori nessa geração com um dos mais belos visuais que nós já vimos. A beleza dos gráficos com seus cenários pintados manualmente faz com que o jogo se torne uma verdadeira obra de arte jogável! Chega a ser redundante elogiar os gráficos dessa continuação de tão belos.

De longe o que mais me encantou foi a trilha sonora, tanto é que estou escutando ela no momento em que escrevo essa análise. Poucos jogos tem a força de te marcar, poucos jogos te emocionam e te contagiam com o conjunto apresentado e Will of the Wisps é um desses jogos que chegam de surdina e te impressionam de uma forma inexplicável.

Pega essa Análise! Ori And Te Will of The Wisps

Sem dúvidas esse é uma das melhores trilhas sonoras presente em um game que eu já joguei! Canções serenas, agitadas, moderadas, não importa o ritimo, tom ou instrumentos, é sem dúvida alguma, uma obra de arte! Ori and the Will of the Wisps xbox

Vale lembrar que você pode jogar, Ori and The Will of the Wisps e mais de 100 jogos através do XBOX GAME PASS por apenas R$1 para novos assinantes, clique aqui e assine!

Xbox Game Pass é uma biblioteca de jogos por assinatura do tipo “Netflix”, onde você tem uma biblioteca rotativa de jogos e enquanto durar sua assinatura você tem direito de jogar os jogos disponíveis no serviço, novos games são adicionados mensalmente.

REVER GERAL
Nota do Autor
10
Natural de Juiz De Fora, MG. Apaixonado por games e tecnologia escrevo e sou a voz da Central Xbox de 2015 pra cá. Me adiciona na Xbox Live: mendesjf86