Quem manda é o chefão!

Em uma entrevista para o site GameSpot, Phil Spencer revelou que a Microsoft estava desistindo do mundo dos games após a troca de CEO da Microsoft. Phil contou que teve que lutar para isso não acontecer, e por isso vemos algumas coisas que não eram habituais antigamente, como os jogos exclusivos no PC, retrocompatibilidade cross-play.

Veja um trecho de sua declaração:

O Satya (novo CEO da Microsoft) foi  muito transparente dizendo que poderia existir um futuro no qual os jogos não seriam um negócio no qual a Microsoft queria estar […] se vamos permanecer nos jogos, então vamos assegurar que estamos com tudo. A última coisa que queria fazer era gerir uma organização de jogos aqui como uma espécie de segundo plano para a companhia. Vamos corrigir quem somos.”

Podemos ver que para salvar a divisão do Xbox de ser fechada, Phil Spencer teve que batalhar para evitar isso. Um de seus primeiros feitos para reverter os danos da apresentação do Xbox One (que foi um verdadeiro desastre) foi de criar um site para receber feedback dos usuários, além de comprar a Mojang pela bagatela de US$2,5 bilhões.