Pega essa Análise! They Are Billions

They Are Billions

Prepare-se para sobreviver ao apocalipse!!!

Desenvolvido pela Numantian Games e publicado pela BlitWorksThey Are Billions no traz um game de estratégia com elementos até bem legais mas é para um nicho de pessoas. O nosso time fez uma análise apocalíptica e resultado dessa experiência você confere agora.

Sobrevivência

Aqui temos um jogo de estratégia Steampunk num mundo pós-apocalíptico onde seu grande objetivo e construir sua colônia e se livrar de hordas imensas dos temidos infectados.

O grande objetivo aqui é tornar sua base a maior e mais fortificada possível para sobreviver aos ataques.

O jogador pode escolher entre determinadas dificuldades o que vai te apresentar uma variedade de desafios, quanto mais difícil maior será o multiplicador de pontos mas a jornada também se torna insana.

O jogo é focado em um tipo de jogador, é impossível jogar e não lembrar de um clássico como Age of Empires por exemplo, provavelmente uma pessoa não muito acostumada com esse tipo de jogo pode ficar ali meio perdida no inicio até entender a real proposta do game.

O game ainda tem um sistema de desafios diários no qual você pode ir fazendo eles para buscar a maior pontuação.

Jogabilidade 

A jogabilidade do game é sem muita explicação, você tem que ir aprendendo jogando, isso pode parecer simples para que já está acostumados com games desse estilo, mas para jogadores de primeira viagem pode ser extremamente confuso.

Uma coisa que é legal para quem curte esse estilo de jogo é o fato de ter suporte para mouse e teclado, o que com certeza ajuda muito para realizar todos movimentos com mais fluidez. Mesmo porque em muitos momentos a maneira de controlar pelo joystick se torna meio confusa.

Um sistema que aumenta ainda mais o quesito desafiador do game é o fato dos mapas criados aleatoriamente, com isso você tem que ir se adequando da melhor maneira com o que o mapa pode te oferecer de recursos e até mesmo na geografia dele para não sair construindo a torto e a direito.

É sempre bom você ir controlando os seus recursos e usando com sabedoria, principalmente no começo é bom ir fazendo coias que são mais essenciais para a sobrevivência, como cabanas para os colonos, algo para fabricar comida e também para coletar materiais como madeira e pedra.

O jogador ainda depois de um certo tempo que vai aumentando sua população tem oportunidade de escolher algum prefeito que geralmente tem oferece uma habilidade variada, podendo ser um bônus em determinado aspecto ou até mesmo uma construção como uma fazendo, torreta etc.

É sempre interessante tentar manter a ordem e os recursos em dia, porque a vida não é nada fácil e as hordas de infectados só vai ficando mais perigosa, então a sabedoria é essencial para o jogador conseguir completar seus desafios e impedir que sua colônia seja dizimada.

Gráficos e Som

Os gráficos do game são bem simples, mas claro que isso é algo feito de maneira intencional para deixar os jogadores mais focados na experiência do que em detalhes mais externos, não temos uma riqueza de detalhes mas tudo é feito com muito cuidado dentro da proposta da desenvolvedora.

A parte sonora chega de maneira suave apenas para não deixar aquele silêncio mortal no game, a música vai alternando de acordo com o que o jogo te desafia, se começou uns barulhos de causar calafrios pode ficar esperto que o ataque está chegando.

É legal ver que o game está traduzido para o PT-BR, porque esse tipo de jogo não é tão simples de jogar e se ainda não tivesse o nosso idioma poderia atrapalhar muito quem não fala outra língua fazendo a pessoa ficar meio perdida.

Pontos Positivos

  • Mapas criados aleatoriamente;
  • Desafiador;
  • Progressão da colônia.

Pontos Negativos

  • Pouco explicativo;
  • Controles meio confusos.

They Are Billions já está disponível na Microsoft Store por R$ 92,45.

REVER GERAL
Nota do Autor
8
"Boy I started on the bottom, made my way to the top!!" - Amo games, séries, filmes, música, NBA, NFL,futebol... além disso sou quase um Engenheiro.