A história do Xbox

Mais um artigo semanal para vocês!

Em mais um artigo semanal, nós da equipe da Central Xbox, vamos falar sobre a história de todos os Xbox’s lançados, desde o Xbox original até o Xbox One X (e Scarlett)! Iremos abordar temas como: quem criou o Xbox, como eram os seus hardwares, os jogos exclusivos, dentre outras coisas. Então, sem mais enrolação, vamos lá!

Como o Xbox foi criado?

Antes de começarmos a história dos consoles, vamos entender como eles sugiram. Em 1995, a Microsoft era a criadora da tecnologia DirectX, que eram ferramentas que auxiliavam na criação de jogos para o Windows e que ajudou em muito na criação do Xbox. Já em 1998, quatro funcionários (Otto Berxes, Kevin Bachus, Ted Hase e Seamus Blackley) da Microsoft compraram alguns computadores da Dell, refizeram o projeto e montaram um projeto de console, e logo após isso, mostraram o protótipo ao chefe da divisão de games da Microsoft, Ed Fries, que adorou a ideia e apresentou ao Bill Gates, CEO da Microsoft. E assim nascia o Xbox!

De onde surgiu o seu nome?

Como já dissemos, a Microsoft era dona da tecnologia DirectX e que ela auxiliava no desenvolvimento de jogos para PC. Mas o que isso tem haver? Aí é que está! O primeiro nome do console era DirectX Box, mas logo foi reduzido a Xbox pela equipe de marketing da Microsoft.

O primeiro Xbox!

Em 2000, durante a CDG, Bill Gates subiu ao palco para anunciar o tão aguardado Xbox!

Durante a apresentação, Bill Gates já falava que o Xbox era o melhor console em termos de hardware daquela geração e de que o Xbox era o melhor complemento do PC. Essa era sua ficha técnica:

  • Uma CPU Pentium III com 733 Mhz;
  • Uma GPU customizada da Nvidia com 233 Mhz;
  • Uma memória RAM de 64 MB DDR;
  • E um HD de 8GB.

Já nessa geração, a Microsoft detinha o console mais poderoso para sua época. Grandes títulos como Halo, Forza Motorsports, Fable, Grand Theft Auto: San Andreas, Battlefield 1942, Call of Duty, dentre outros, estavam presentes no console e eles também rodavam melhor em relação ao concorrente, o PlayStation 2. Isso acontecia devido ao fato de que o Xbox tinha uma configuração muito parecida com o PC e isso facilitava o trabalho das desenvolvedoras.

Em 2002 foi criado a rede Xbox Live, a rede online de consoles mais avançado para sua época. Nele você tinha chat por voz, lista de amigos, entre outros benefícios. Seu suporte ao Xbox foi encerrado em 2010, oito anos após seu lançamento.

Curiosidades sobre o Xbox

Você sabia que Halo foi apresentado por Steve Jobs? É isso mesmo! Em 1999 a Bungie tinha um contrato para lançar Halo: Combat Evolved para o computador da Apple, o Mac.

Mas após isso, a Microsoft adquiriu a Bungie e lançou Halo exclusivamente no Xbox, fazendo o maior sucesso!

Você também sabia que a SEGA quase colocou todos os jogos de Dreamcast no Xbox? A parceria chegou muito perto de ser fechada, mas não deu certo, pois o CEO da SEGA queria que os jogos mantivessem seus serviços online, enquanto Bill Gates queria que os jogos ficassem apenas offline.

Outra curiosidade é que Halo 2 foi o jogo mais vendido do Xbox com mais de 8 milhões de cópias.

Xbox 360

Em 2005 nascia o Xbox 360! Após 4 anos desde o lançamento do Xbox em 2001, a Microsoft abriu a nova geração de consoles com o Xbox 360. Estranhamente (em minha opinião) o console foi revelado em um comercial da MTV e recebeu novos detalhes logo após a sua aparição.

O Xbox 360 veio para continuar o legado da Microsoft no mundo dos jogos e criou um novo hardware com as melhores especificações possíveis, veja:

  • Um processador Tri-Core da IBM com 3.2 Ghz;
  • Uma GPU de 500 Mhz da ATI (AMD);
  • Uma memória RAM de 512 MB GDDR3;
  • E diversas opções de armazenamento.

O Xbox 360 foi lançando no mesmo ano, sendo o primeiro console da sétima geração. Várias mudanças vieram com o Xbox 360, principalmente na Xbox Live, onde, a partir daquele momento, seria possível comprar jogos na própria loja virtual do console, fazer downloads de mídia e conteúdos de TV, como série e filmes.

O Xbox 360 também lançou novas séries de jogos exclusivos, como Gears of War (da Epic Games), Forza Horizon, Alan Wake, Halo 3 e 4, e multiplataformas, como: Call of Duty: Modern Warfare, Grand Theft Auto IV e V, Battlefield 2, 3 e 4, dentre outros.

Em 2010 foi apresentado o “novo” Xbox 360, o Xbox 360 Slim ou S, com o lançamento para o mesmo dia da revelação. O “novo” console trazia uma antena WiFi integrada, redução de seu tamanho, novas portas USB, dentre outros.

Também em 2010, o Kinect, antes conhecido como Project Natal, foi revelado. Ele foi criado por um curitibano chamado Alex Kipman. O periférico prometia capturar os movimentos do corpo humano e reproduzi-los nos jogos. Ele foi um sucesso em sua primeira versão e foi uma resposta ao Wii Move, da Nintendo.

Algumas curiosidades sobre o Xbox 360

No início da geração a Microsoft perdia dinheiro quando você comprava um Xbox 360, já que ele era vendido mais barato em relação ao seu preço de fabricação. Isso serviu para que o Xbox 360 ganhasse uma grande fatia de mercado.

A Microsoft também teve problemas com o Xbox 360, especialmente na primeira versão do console. As temidas “3 luzes da morte” se acendiam quando o console reportava um erro fatal de hardware, causado pelo super aquecimento do console. A Microsoft admitiu o erro, aumentou a garantia dos consoles afetados e substituiu as unidades defeituosas. O problema só foi corrigido após o lançamento do Xbox 360 S.

O Xbox 360 também foi o primeiro console a chegar de forma oficial no Brasil! Embora o seu preço tenha sido relativamente alto, ele fez um grande sucesso em terras tupiniquins, e chegou juntou com Halo 3, o primeiro jogo da série Halo localizado para português do Brasil.

O Xbox One

Em 2013, o cabeça da divisão Xbox, Don Mattrick, anunciou o Xbox One! O anuncio do console virou alvo de piada, devido a grande menção da palavra “TV” e “Sports”, veja:

O Xbox One traz a intenção de ser o centro de entretenimento de sua casa, já que ele possuí grandes recursos de TV, como até mesmo uma conexão de antena HDMI para assistir TV sem precisar de um receptor.

O Xbox One também apresentou uma grande melhoria no hardware, embora tenha sido duramente criticado por oferecer um hardware um pouco “inferior” em relação ao PS4. Veja:

  • Uma CPU octa-core de 1.75 Ghz Jaguar, da AMD;
  • Uma GPU de 853 Mhz da AMD;
  • Uma memória RAM de 8 GB DDR3
  • HD de 500 GB.

Houveram duras criticas (e com razão) ao Xbox One: o primeiro, o console necessitava ficar online 100% de seu tempo para funcionar corretamente. Segundo, o console era muito restrito quanto ao compartilhamento de jogos. Para se ter uma ideia, você não podia vender jogos usados ou até mesmo emprestá-los! Terceiro, o Kinect era necessário para o console funcionar e isso tornava o console 100 dólares mais caro em relação ao PS4. Por sorte, a Microsoft voltou atrás e retirou as restrições de compartilhamento de jogos e a necessidade de ficar 100% online, mantendo apenas o Kinect, pelo menos até o lançamento do Xbox One S em 2016.

A Microsoft também deu uma grande continuidade as franquias já conhecidas, como Halo, Gears of War e Forza Motorsports e Horizon. Criou também novas franquias como: Sea of Thieves, State of Decay, Ryse: Son of Rome, Quantum Break e outras.

Em 2015 também foi implementada um recurso que vários usuários do Xbox One pediram: a retrocompatibilidade com o Xbox e Xbox 360. Atualmente são mais de 600 jogos retrocompativeís para você jogar!

Em 2017 a Microsoft revelou o Xbox Game Pass, um serviço de assinatura onde você joga mais de 200 jogos por apenas R$ 29,00. Durante a E3 foi revelado o Xbox One X, console mais poderoso do mundo, capaz de rodar jogos a 4K nativos em 60 FPS. Veja sua especificação:

  • Uma CPU da AMD Jaguar de 2.3 Ghz;
  • Uma GPU da AMD com 6 Teraflops de performance;
  • Uma memória RAM de 12 GB GDDR5;
  • Um HD de 1TB.

Já em 2018, Phil Spencer subiu ao palco da E3 e anunciou a compra de vários estúdios, como Playground Games, Obsidian Enterteinment, Ninja Theory e criou um novo, chamado The Initiative. Ele também revelou que a equipe do Xbox já estava trabalhando em um console para a próxima geração, conhecido hoje como Project Scarllet.

Curiosidades sobre o Xbox One

O Kinect é capaz de ver fantasmas! Quer dizer, quase isso. Não sabemos o por que, mas o Kinect captura alguns movimentos estranhos no seus sensor e muitos dizem ser fantasmas. Muito provavelmente isso é um bug não corrigido do sensor, causando a captura desses “movimentos estranhos”.

Na parte de baixo de cada unidade do Xbox One há a seguinte frase: “Hello from Seattle”, fazendo menção a localização da sede da Microsoft.

Em 2019 a Microsoft lançou uma versão sem leitor de discos do Xbox One, nomeado Xbox One S All-Digital. Seu objetivo é deixar o console mais barato para os usuários que não compram mídias físicas.

Project Scarlett e xCloud

Já em 2019, durante a E3, Phil Spencer revelou o tão misterioso Project Scarlett: um console next-gen para o Xbox. Algumas especificações foram reveladas, como:

  • Suporte a 8K;
  • 120 FPS;
  • Ray Tracing;
  • SSD no lugar de HD.

O Project Scarlett já tem uma data de lançamento: as festas de fim de ano de 2020. Então comecem a encher o cofrinho!

Já o xCloud foi revelado ao público em 2018. O xCloud nada mais é que servidores Azure renderizando os jogo, enquanto você joga via streaming em qualquer dispositivo. Em qualquer lugar. A qualquer momento.

Um dos grandes benefícios do xCloud é a possibilidade de você transformar seu próprio Xbox One particular em um servidor privado, dispensando a necessidade de uma assinatura do xCloud. Testes públicos deverão ocorrer ainda nesse ano, segundo Phil Spencer.

E é isso! Faltou alguma coisa ou você quer acrescentar algo? Escreva aí nos comentários!