Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Camadas do… medo?

Layers of Fear 2 tenta levar o jogador aos mais temidos e obscuros lugares da mente atormentada de um ator de Hollywood que tenta manter a sanidade em um transatlântico cheio de segredos. Embarcamos nessa estranha viagem e o resultado dessa experiência, você confere agora. Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Que viagem é essa véi?

Pega essa Análise! Layers of Fear 2

No primeiro game, encarnamos um pintor completamente atormentado nosso personagem, um ator de Hollywood, está a bordo de um transatlântico para participar das gravações de um grande projeto cinematográfico. Contudo, algo parece estar errado quando percebemos que estamos sozinhos e somos constantemente atormentados por alucinações. Nesse contexto, o jogo da Bloober Team deixa a cargo do jogador, a interpretação de sua história.

Sobrevivendo entre as camadas do medo

Layers of Fear 2 nos entrega um estilo de jogabilidade muito parecido com seu antecessor, com muitas interações com objetos do cenário, ambientes claustrofóbicos, e muitos puzzles que, não necessariamente são desafiadores. Quem jogou o primeiro jogo, vai ficar à vontade com a mecânica proposta por esta sequência, uma vez que, em muitos momentos, aquele ambiente que você acabou de passar, não é mais o mesmo quando passamos por ele novamente.

Esse fator acontece inúmeras vezes no decorrer do game e é justamente nesse aspecto que os puzzles, aparentemente sem sentido, fazem a diferença. Um bom exemplo acontece quando estamos em uma sala aparentemente sem saída, mas quando posicionamos determinado objeto corretamente, sua sombra nos mostra uma saída.

Os controles funcionam basicamente com um botão de ação, que utilizamos para pegar objetos e segurar maçanetas e alavancas, um botão para agachar e o analógico para nos movimentarmos caminhando ou correndo e interagir com o cenários abrindo e fechando portas ou cortinas.

Nosso transatlântico é gigantesco e esconde muito mais do que corredores escuros e salas com portas escondidas. Tudo ali dentro leva o jogador a, mesmo que forma bastante linear, explorar cada ambiente em busca de objetos, que contam um pouco da história de alguns passageiros, cartazes de filmes, chaves e todo tipo de objeto estranho que uma mente perturbada possa imaginar.

Leia Também:  Pega essa Análise! Samurai Shodown

Tirando alguns ambientes específicos, a maioria dos itens não são importantes para a progressão e o jogador vai passar boa parte do tempo ouvindo fragmentos de histórias, coletando quadros que remetem a famosas produções cinematográficas, objetos estranhos e se surpreendendo com algumas coisas esquisitas acontecendo, como frutas podres voando ou alucinações desse tipo.

Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Em alguns momentos, somos surpreendidos por uma espécie de espectro esquisito e ameaçador que fica correndo atrás da gente. Nesse momento é correr, ou morrer nas garras dele. Nada muito assustador, ao ser pego o jogo reinicia do último ponto salvo, nos dando a chance de entender o que fazer para escapar.

Aliás, em Layers of Fear 2, nós nunca temos realmente a sensação de que, se falharmos, algo muito ruim pode acontecer. Isso dá ao game, apesar de todas as esquisitices de alguns ambientes assustadores, a sensação de que estamos dando um passeio em um navio cheio de coisas que tentam nos assustar, nos pegar ou nos fazer mal mas nunca atingem seu objetivo. É tudo muito esquisito é verdade, mas não assustador.

Em alguns poucos momentos, será necessário fazermos algumas escolhas que vão influenciar diretamente no final do game. Nesse ponto estamos tão despreocupados com a história ou o que está realmente em jogo, que acabamos optando de acordo com o que imaginamos o que pode acontecer e fazer isso sem ter a sensação de que temos algo importante a perder é um pouco frustrante. É como se, num jogo de futebol, você fazer um gol contra aos 45 do segundo tempo sem saber que vai perder o campeonato.

Layers of Fear 2, como disse anteriormente, é uma espécie de passeio em um lugar bem esquisito, cheio de coisas ameaçadoras que nunca ameaçam de fato, portanto, está bem longe de ser um game desafiador. Nem mesmo seus puzzles com as soluções mais improváveis, nos desafiam muito.

O Titanic da Bloober Team

Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Layers of Fear 2 tem com uma ambientação espetacular. Os detalhes do nosso transatlântico são incríveis e a qualidade das texturas, assim como a paleta de cores impressiona. Os detalhes do acabamento das dependências do navio, o luxo das cabines de primeira classe e os objetos encontrados espalhados pelos cantos do navio são lindíssimos. Um ambientação que fica igualmente linda nas transições para os cenários mais sombrios com os efeitos de sombras, luzes e poeira. Tudo é muito vivo e salta aos olhos dando realmente a impressão que estamos em um cenário cinematográfico de Hollywood.

Leia Também:  Como se proteger e se livrar de compras indesejadas no Xbox

Em relação aos efeitos sonoros precisamos destacar a voz de Tony Todd, ator de O Corvo, A Vingança dos Mortos Vivos, Candyman entre outros, na nossa cabeça em boa parte do jogo, contribuindo, juntamente com os efeitos sonoros do ambiente incrivelmente bem produzidos para criar o clima de tensão do jogo.

Assustador, mas não tanto quanto poderia ser

Layers of Fear 2 mesmo com uma ambientação incrível, tem uma história diluída em fragmentos suficientes para fazer o jogador deixar de se interessar por ela e, ao mesmo tempo, o game perde um incrível potencial de fazer o jogador ficar realmente assustado e aterrorizado com um ambiente desconhecido e hostil. O jogo pecou em um aspecto que não poderia pecar que é justamente, causar um impacto psicológico ao jogadores.

Mesmo em suas situações mais tensas, o jogo perde o “timing” nos levando muito rapidamente de volta à zona de conforto. Nem mesmo a possibilidade de fazer outras escolhas para mudar o final é suficiente para motivar o jogador que, dificilmente vai voltar a jogá-lo

Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Layers of Fear 2 deixa uma impressão que, mesmo com uma ambientação fantástica e uma jogabilidade simples, outros aspectos poderiam (e deveriam) ter sido melhor trabalhados. Fica o gostinho de que poderia ter sido uma experiência muito mais impactante. Na minha opinião, o primeiro game se saiu melhor nesse aspecto.

Pontos Positivos 
  • Ambientação espetacular
  • Efeitos sonoros
Pontos Negativos
  • História diluída
  • Não “assusta”
  • Pouco desafiador

Pega essa Análise! Layers of Fear 2

Layers of Fear 2 está disponível para Xbox One na Microsoft Store por R$ 112,45 e para Windows 10 na Steam por R$ 49,29!

Pega essa Análise! Layers of Fear 2