xCLOUD: A Microsoft prepara o futuro e muda a forma como iremos jogar

Tudo o que sabemos sobre o xCloud!

Depois da Microsoft mudar a forma como consumimos jogos, introduzindo no Xbox One o incrível Game Pass, tudo indica que na E3 2019 ela vai mudar a forma como JOGAMOS!

Antes daquela espetacular finalização de conferência da Microsoft na E3 2018 com Cyberpunk 2077, Phil Spencer, diretor da Xbox, anunciou que uma equipe está trabalhando de forma dedicada em games por streaming. A ideia é trazer jogos com “qualidade de consoles para qualquer dispositivo”, seja um celular, PC ou até mesmo televisão!!!

O Codinome desse projeto? Project xCLOUD

Em primeiro lugar, vale dizer que a microsoft não pretende abandonar o desenvolvimento e a evolução de novos consoles: “Estamos desenvolvendo o Project xCloud não como um substituto para os consoles de jogos, mas como uma maneira de fornecer a mesma escolha e versatilidade que os amantes de música e vídeo desfrutam hoje. Estamos adicionando mais maneiras de jogar Xbox”, disse a CVP da Microsoft. de jogos na nuvem, Kareen Choudry

Phil Spencer, chefe do Xbox, em entrevista à Games Industry “O futuro dos jogos é a capacidade de jogar os jogos que você quiser, com as pessoas que quiser, quando quiser, onde quer que esteja e em qualquer dispositivo. Projeto xCloud é sobre fornecer mais acesso e escolha para os jogadores. Para aqueles que jogam apenas no celular, ele cria acesso a jogos mais imersivos aos quais eles nunca tiveram acesso antes. Para consoles e jogadores de PC, cria nova opção em quando e onde eles podem jogar. E, para os desenvolvedores, significa a oportunidade de criar um jogo que tenha o potencial de escalar para bilhões de jogadores. Estamos construindo um conjunto de ferramentas e tecnologias que acreditamos poder fortalecer toda a indústria.”

Mas como isso põe você dentro do jogo?

A ideia de ser capaz de transmitir jogos com qualidade de PC e console para qualquer dispositivo ou plataforma móvel é, na maioria das vezes, apenas um sonho por algum tempo. No entanto, a Microsoft anunciou recentemente que estava tentando transformar esse sonho em realidade com o Project XCloud.

Hoje, os jogos estão amarados no dispositivo ou plataforma que você usa, seja PC, PS4 ou Xbox. O Project xCloud oferece a liberdade de jogar no dispositivo que você quer, sem estar preso a nada, libertando você, jogador, para estar no centro dessa experiência de jogo. Isso é certamente ambicioso, mas se qualquer empresa pode realizar essa tarefa, é a Microsoft.

Quer continuar um jogo de onde você parou, em qualquer lugar bastando ter um celular ou tablet e uma conexão 4G? Está aguardando o dentista e tem muita gente na frente? Tire seu celular, conecte na Xbox Live e comece a jogar de onde você parou! Sim, simples assim… Ao chegar em casa simplesmente volte a jogar no console ou PC do ponto em que parou.

Leia Também:  Age of Wonders: Planetfall ganha vídeo com gameplay

O streaming de jogos em si não é uma ideia nova; O PlayStation Now já oferece uma experiência semelhante (mas nem tanto como o que a Microsoft tem em mente) em consoles PS4, enquanto a Nvidia está de volta à fase de testes beta do seu serviço GeForce Now.

No entanto, a Microsoft acredita que tem uma vantagem distinta sobre os outros, pois utilizará data centers específicos em 54 regiões diferentes ao redor do mundo, servidores Azure equipados com laminas customizáveis de Xbox One (creio nesse customizar como uma espécie de possibilidade de upgrade futuro) que podem atender uma gama de bilhões de jogadores já no lançamento oficial, e acredito piamente que o Brasil possa estar incluído nesse lançamento já que temos um Data center dedicado aqui no país.

A Microsoft alega que quando o Project xCloud for lançado, ele suportará o streaming de todos os jogos do Xbox One que forem publicados, ou qualquer outro jogo do Xbox ou Xbox 360 que possa ser jogado no console do Xbox One. Isso é um total de mais de 3.500 jogos. Mais de 1.900 jogos estão atualmente em desenvolvimento para o console Xbox One, e todos eles podem ser reproduzidos através do Project XCloud. Os desenvolvedores poderão permitir que os jogadores acessem seus jogos do Xbox One via Project xCloud sem nenhum trabalho adicional.

Quando o Project xCloud será lançado e quanto custará?

A Microsoft confirmou que começará os testes públicos do Projeto xCloud em algum momento de 2019. Ainda disseram que os testes testarão o serviço com “diferentes volumes e localizações”. A Microsoft não anunciou se cobrará algum dinheiro para acessar os testes públicos. Também não anunciou uma data limite para o lançamento do serviço completo. A empresa deve revelar mais informações em seu evento de imprensa da E3 2019 que acontece amanhã, com cobertura total da Central Xbox.

Existem concorrentes atuais e futuros no Project xCloud?

O conceito de um serviço de streaming de jogos, semelhante ao modo como Netflix e o Hulu transmitem vídeos e o Spotify transmite música, não é novidade, mas é muito difícil de lançar. O mais próximo que chegamos de algo semelhante aos planos da Microsoft para o Projeto xCloud veio da Nvidia.

Seu serviço GeForce Now permite que os proprietários de seus tablets Shield baseados em Android (original e K1), o console portátil Shield e seus decodificadores de TV da Shield, tenha acesso a uma seleção de jogos de PC de alta qualidade para esses dispositivos.

Desde então, a Nvidia expandiu o escopo do GeForce Now para incluir suporte para pessoas que possuem jogos via Steam, para transmitir suas seleções para caixas de TV Shield, junto com testes beta para computadores Windows e Mac. Até agora, a Nvidia não revelou quantas pessoas se inscreveram para usar o GeForce Now em qualquer de suas encarnações.

Leia Também:  Conheça todas as nossas redes sociais

Além dos esforços da Nvidia, a Sony oferece seu serviço PlayStation Now. Lançado em 2014, o serviço agora tem mais de 650 jogos PS2, PS3 e PS4 para transmitir por uma taxa mensal. No entanto, a Sony cortou o suporte ao PlayStation Now para vários dispositivos anteriormente incluídos, incluindo smart TVs e o PlayStation Vita portátil em 2017. Agora funciona apenas em consoles PlayStation 4 e PCs com Windows. Como a NVIDIA, a Sony optou por não anunciar quantos jogadores usaram o PlayStation Now nos últimos quatro anos.

No dia 06/06/2019 O Google apresentou de forma oficial sua plataforma de streaming de jogos exclusivamente na nuvem, visto que não se tem um console, apenas um controle que se conecta no Wi-fi para tentar driblar a latência, para competir diretamente com a Microsoft e a Sony.

Nas especificações que o Google divulgou o Stadia será lançado com uma configuração equivalente a 10 Teraflops, contra 4 do PS4 Pro e 6 do Xbox One X. Mas por ser exclusivamente em nuvem tem a desvantagem de não poder baixar e instalar os jogos, já que essa é a proposta dele.

Finalmente, a editora de jogos Electronic Arts revelou em junho na feira E3 que estava trabalhando em seu próprio serviço de streaming de jogos, mostrando até demos ao vivo rodando em smartphones. A EA havia anunciado anteriormente que havia adquirido os ativos de tecnologia de jogos em nuvem e o pessoal do serviço GameFly por um valor não revelado. Desde a E3, a EA está em silêncio sobre seus planos para o seu próprio serviço de streaming de jogos.

Conclusão

O anúncio xCloud da Microsoft pode ser a maior novidade para a tecnologia de streaming de jogos. A Microsoft certamente tem experiência em jogos com sua divisão Xbox e uma tonelada de desenvolvimento de tecnologia de servidor em nuvem para ajudar em seus planos para o lançamento bem-sucedido do Project xCloud.

Recentes rumores de vazamentos (e isso eu não gosto de comentar, rumor é rumor, nada oficial, mas todos que escolhemos nossas plataformas somos fãs e gostamos de uma novidade…), do Brad Sams numa matéria do site Thurrott, afirma com todas as letras que xCloud será mais poderoso do que os 10.7 TF do Stadia.

Apesar do Brad e seu canal serem confiáveis com suas postagens sobre os possíveis hardwares e mais serviços do Xbox, um rumor é um rumor, serve para uma possível linha alternativa de realidade mas nada oficial, mas que eu estou no hype …. ah estou!

Esse será um ano de muitas novidades, e também, muitas mudanças no que conhecemos como gaming, e a Microsoft está fazendo com que nós estejamos no centro disso!!!