Contrariando o que muitos achavam.

Em uma entrevista ao site Video Games Chronicle, o designer da Platinum Games, Atsushi Inaba, disse que a Microsoft não teve nada a ver com o cancelamento de Scalebound, jogo exclusivo que foi anunciado na E3 de 2014 e cancelado em 2017.

Para ele, foi difícil ver a Microsoft ser atacada por fãs que estavam esperando o jogo.

Não foi fácil para nós vermos vários fãs do jogo atacando a Microsoft. Na realidade, quando um jogo não pode ser lançado é que ambos os lados falharam […], Eu acho que há áreas onde poderíamos ter feito um melhor trabalho, e eu tenho certeza que há áreas que a Microsoft como um parceiro de publicação poderiam ter feito melhor. Porque ninguém quer um jogo para ser cancelado.

Leia Também:  Você já pode comprar Black na Xbox Live brasileira

Ele também disse que não podem entrar em detalhes sobre o ocorrido, já que isso, provavelmente infringe as normas da Platinum Games.

 Nós obviamente não podemos entrar em detalhes sobre isso, porque há regras de engajamento como um desenvolvedor […]. A verdade é que não gostamos de ver a Microsoft sofrendo ataques devido ao cancelamento, já que ambos os lados erraram.

A Platinum Games também está trabalhando em duas novas IPs, que ainda não foram reveladas ao público.