Eita! Ninguém esperava por essa

De acordo com o site The Verge, a Take-Two (que detém a Rockstar e a 2K) está sendo processada por uma empresa de detetives, chamada de Pinkerton.

No jogo, a agência Pinkerton é usada para se referir aos agentes que atuaram no século XIX e XX, e que ainda existe, mas como subsidiária de uma outra empresa, a Securitas AB.

Segundo a carta enviada a Take-Two, a empresa exige o pagamento de royalties, em que os valores não foram divulgados, e a exclusão dos personagens Andrew Milton e Edgar Ross. A Take-Two, por sua vez, respondeu com outra ação legal, alegando que os personagens são de uso justo, e que eles já fazem parte da ambientação histórica do jogo.

Leia Também:  Assassin’s Creed Odyssey já está com nova expansão disponível

O que vocês acham disso? Conta pra gente!