Mutant Year Zero: Road to Eden é um dos mais novos títulos que entraram no catálogo do Xbox Game Pass , confira conosco esse excelente jogo tático.
Mutant Year Zero é um jogo de aventura tático que mescla exploração e combate por turnos semelhante ao XCOM onde o jogador deverá agir furtivamente e planejar estratégias para poder seguir com o objetivo e se manter vivo, desenvolvido por The Bearded Ladies e publicado por Funcom.

O jogador é inserido em um mundo pós apocalípticos onde inicialmente estará controlando dois mutantes, um pato e um javali.

Universo:

Uma junção entre uma peste e uma guerra nuclear resultou na quase extinção da espécie humana, muitos dos que sobreviveram acabaram se tornando mutantes devido a radiação. Um povoado acabou surgindo no alto de uma colina, chamada de a “Arca”, reúne sobreviventes que só querem permanecer vivos, seu líder o Ancião é a única pessoa que sabe o que aconteceu no passado, a arca se encontra na situação de escassez de recursos, e é aí que surgem os patrulheiros (Stalkers) que são os responsáveis por vasculharem as áreas fora da arca mais conhecida como a “Zona” para poderem recolher recursos necessários, a Zona é um lugar perigoso, repleto de sobreviventes insanos, assassinos, Robôs, carniçais entre outras aberrações.

Arca

Zona

Enredo:

Bormin e Dux (Javali e o Pato) ambos Stalkers recebem ordens do Ancião para investigarem o sumiço de outro Stalker o Hammom, um cientista importante para a arca, ele é o responsável pelo funcionamento de muitas máquinas que fazem a arca funcionar, sem ele a arca se tornaria um caos.

A dupla segue em direção a barraca de Hammon localizada nas proximidades da arca, chegando lá se deparam com um artefato que aparenta ter caído do céu e dentro da barraca se encontram aberrações já vasculhando a barraca, após eliminá-las, os stalkers se deparam com o diário de Hammon, nele descobrem que Hammon analisou o artefato que havia caído e que ele acredita que o artefato tenha sido enviado de um lugar mítico conhecido como o “Éden”, um lugar onde os habitantes vivem felizes e a salvo, segundo uma crença dos mutantes, quando Hammon viu outro artefato caindo ao norte, ele levou sua patrulha para investigar o lugar.

A Missão:

Nesse momento que o jogo começa de verdade, Bormin e Dux devem partir para o norte em busca de resgatar Hammon, irão passar por diversos cenários e ao longo da jornada descobrindo um pouco mais sobre o jogo, além de se depararem com outros Stalkers que acabam se juntando a equipe.

Jogabilidade:

O jogo consiste em duas mecânicas diferentes, são elas a exploração do cenário e o modo de combate.

Durante a exploração o jogador poderá andar livremente pelo cenário para avançar na missão e vasculhar em busca de recursos valiosos como sucatas, peças de armas, armas quebradas, equipamentos, utilizáveis, modificações para armas e artefatos que são utilizados para comprar melhorias na arca, no modo exploração o jogador poderá também posicionar seus personagens para que poça armar uma emboscada sobre os inimigos.

No modo de combate a mecânica muda, as ações são dividas em turnos, se o jogador armar uma emboscada e não tiver sido visto pelo inimigo ele começará o turno, caso o inimigo tenha te visto antes de armar uma emboscada ele irá começar o turno, durante seu turno o jogador terá à disposição algumas ações que poderá realizar, porém com um limite de duas ações por turno, o jogador poderá andar(até uma determinada distância limitada), atirar, recarregar, arremessar, ativar o modo sentinela, entocar, usar cura e utilizar mutações, se o jogador quiser andar até uma distância além do seu limite ele irá correr porém isso utiliza seus dois pontos de ações, ao atirar ou arremessar o jogador irá pular o turno, então certifique-se de ter usado outra ação necessária antes, ao se entocar e ativar o modo sentinela também irá pular o turno.

Análise:

Enredo: O jogo conta uma história que não é tão diferente de outras com o mesmo tema pós apocalíptico, porém não é motivo para dizer que  é repetitiva, um dos motivos é que você controla mutantes, normalmente esses são os vilões em outros jogos. Por mais que o objetivo seja encontrar Hammon não fica resumido a isso, ao longo do jogo tanto o jogador quanto os personagens vão descobrindo segredos sobre a zona, descobertas de sua própria origem, vão se auto conhecendo junto com o jogador.

Jogabilidade: As duas maneiras de jogar te abrem diversas possibilidades, durante a caminhada livre o jogador pode andar agachado ou em pé com uma leve corrida com a lanterna ligada, porém é meio lento mesmo em pé, poderia correr mais rápido, mesmo agachado e atrás de algum obstáculo o jogador pode ser visto se o mesmo não acionar a opção de se esconder. A câmera tem movimento muito brusco, poderia ser mais suave ou então ter opção de regular a sensibilidade de ambos analógicos.

Durante o combate a coisa fica mais divertida, aliás esse é o foco do jogo, o jogador tem uma boa liberdade de estratégias para escolher, até mesmo antes da batalha que é possível posicionar seus mutantes para armarem um emboscada, já durante o combate temos diversas decisões que podem ser tomadas e o que deixa o jogo mais interessante é a semelhança com uma partida de xadrez, se você fizer um movimento errado ou mal pensado isso poderá acabar te levando a derrota, mas não se precipite, você tem o tempo que quiser para poder fazer suas escolhas, outra vantagem é que em alguns momentos você não é obrigado a lutar, basta saber passar despercebido ou então armar uma emboscada em inimigos que estiverem distraídos ou andando sozinhos.

Em alguns momentos podem ser encontrados bugs, principalmente no modo de exploração ao ir em algum canto que tenha muitas peças de cenário que podem acabar prendendo seu personagem, porém é só trocar para outro personagem, pegar distância que o personagem preso irá se teletransportar.

A Arca possui uma boa quantidade de variações de habilidades e equipamentos que ao longo do tempo o jogador irá desbloqueando, porém deverá pagar tanto para melhorias  como comprar armas e outros itens, cada personagem possui sua arvore de mutações que te dão habilidades próprias, cabe ao jogador saber fazer a escolha certe de qual arma escolher para cada mutante e qual mutação escolher para ajudar o grupo a avançar na missão.

Resumo:

O jogo é bom para pessoas que gostam de jogos de estratégias e para pessoas que estão entrando nesse mundo agora, no começo pode parecer difícil porém ao longo do tempo o jogo vai te treinando para pensar melhor qual estratégia tomar, os personagens são carismáticos cada um com sua própria personalidade e com suas opiniões que ao longo do jogo vão as expondo, se você não jogou esse tipo de jogo ainda então essa é a hora certa, se possui o Xbox Game Pass então é só baixar o jogo e se divertir ou queimar a cabeça de tanto pensar.

Confira Mutant Year Zero: Road to Eden na microsoft store.