americanas.com.br

Seguindo a receita do primeiro, Life is Strange 2 traz novamente tomada de decisões super importantes!

Desenvolvido pela DONTNOD Entertainment e publicado pela Square Enix, Life is Strange 2 traz novamente aquele apelo emocional que já estamos acostumados com a franquia. O nosso time teve que realizar decisões cruciais para fazer uma grande análise e o resultado dessa experiência você confere agora. Life Is Strange 2 – Análise / Review

1º Episódio – Rodes

História

Para contar um pouco da história nós iremos evitar ao máximo falar de assuntos muito específicos para não atrapalhar a sua experiência, como Life is Strange é focado na história, uma simples frase pode ser um grande spoiler.

Life is Strange 2 foca em contar a história de dois irmãos, Sean e Daniel Diaz, de 16 e 9 anos, respectivamente, de uma família mexicana radicada em Seattle. Com medo da polícia, os dois seguem em direção ao México, na tentativa de ocultar um repentino e misterioso poder sobrenatural.

A grande jornada foca em contar a tentativa de fuga dos irmãos, tentando evitar os problemas além de resolver um mal entendido, nesse começo várias coisas acontecem e eles tem que aprender a administrar e lidar com tudo o que está acontecendo.

Life is Strange 2 - Análise / ReviewSena, o mais velho precisar aprender a controlar o mais novo pois ele é apenas uma criança e não consegue entender direito o que levou eles a fugir, nessa grande jornada eles acabam encontrando várias pessoas, muitas delas dispostas ajudar e outras nem tanto, apenas querendo ver mais dois mexicanos saírem de seu país.

Nesse meio tempo os dois acabam fazendo uma parada na conhecida Arcadia Bay cidade do primeiro Life is Strange, e se você jogou e terminou o anterior as suas decisões ao final farão diferença em como a cidade estará quando você passar por lá.

O grande objetivo dos irmãos é cruzar a fronteira e chegar na cidade em que o pai sempre dizia que possuía uma casa.

2º Episódio – Rules

Agora a partir desse episódio fica meio complicado não acabar dando alguns spoilers, porque no próprio trailer desse novo capítulo tem uma chuva de spoilers.

Se tem uma coisa que é importante é o jogador ter jogado o spin off gratuito que foi lançado um pouco antes de Life is Strange 2.

The Awesome Adventures of Captain Spirit conta a história de Chris Eriksen vuldo Captain Spirit e seu pai, caso você não tenha jogado esse spin off não vai ficar completamente perdido mas algumas coisas importantes vão acabar passando batido.

Leia Também:  Samurai Shodown chega em Junho ao Xbox One

Logo depois de a descoberta dos poderes os dois irmãos Sean e Daniel  começam a partir em busca de seus avós, que por sinal são vizinhos do Captain Spirit.

O episódio leva o nome de Rules (Regras) porque os dois irmãos são procurados pela policia então eles tem que chamar o minimo de atenção possível, o que é difícil de fazer quando seu irmão mais novo tem superpoderes.

O irmão mais velho sempre tenta lembrar seu “enano” das regras que não pode mostrar o poder em público, não chamar atenção e outras regras tudo isso para evitar alguma confusão.

Na casa de seus avós que os acolheram com muito amor, eles também tem que cumprir uma série de regras para ficar longe de chamar atenção porque em cidade pequena a notícia corre rápido.

Em alguns momentos os dois irmãos acabam conflitando com seus avós porque eles acham que tem o direito de saber mais sobre sua mãe, principalmente o irmão mais novo que não chegou a conhecer ela direito.

Algumas coisas sobre a mãe dos garotos acabam sendo reveladas e os deixam com alguns conflitos internos sobre ela realmente ter abandonado eles ou não.

Daniel e Captain Spirit formam uma amizade bem rápido e começam até sair juntos para comprar alguns acessórios para o Natal, o que não é uma grande ideia quando se é um foragido da polícia.

Algumas coisas conturbadas acabam acontecendo e isso leva os dois irmãos pularem na estrada novamente tentando fugir e continuar a caminhada em busca de chegar em ”Puerto Lobos.”

Em comparação com o primeiro episódio esse foi bem fraco, com apenas alguns dois momentos que realmente causam alguma comoção e impacto, mas o principal ponto negativo é que a história praticamente não saiu do lugar e teve pouco evolução na trama.

Jogabilidade

A jogabilidade continua praticamente  a mesma, o maior desafio é você conseguir realizar as escolhas que causam menos consequências ruins. Muitas delas você acaba tomando, irão apenas refletir em situações futuras, o que sempre deixa aquela pulga atrás da orelha, criando uma expectativa sobre o que poderia ter acontecido se tivéssemos escolhidos um caminho diferente, se tivéssemos pegado aquele item que achamos que seria insignificante mas agora poderíamos utiliza-lo.

Life is Strange 2 - Análise / Review

Life is Strange 2 sabe trabalhar muito bem esse quesito de escolhas, em muitos momentos você acaba tendo que esquecer um pouco sobre moral, pois o jogo te coloca em situações capitais que podem fazer você até cometer um crime para conseguir chegar ao seu objetivo, um situação difícil, mas que cabe dentro do cenário em que os irmãos estão envolvidos.

Leia Também:  Moons of Madness ganha seu trailer de anúncio

O jogo introduz algumas mecânicas mais apuradas de inventário onde você pode ignorar ou não alguns objetos que se encontra pelo cenário, além de ser necessário saber administrar até o seu próprio dinheiro, pois ele é necessário dentro do jogo e em algumas situações, se você estiver sem, precisará arrumar uma ‘maneira’ de conseguir mais.

Gráficos e Som

Os gráficos, por incrível que pareça nos  surpreenderam, pois, o motor gráfico utilizado pela Dontnod deu uma tremenda evoluída, todos sabemos que o jogo tem a sua arte mais focada em gráficos cell shaded, que em alguns casos podem mascarar alguns detalhes.

Mas neste caso a evolução é perceptível em relação ao primeiro jogo. Todo o cenário é mais vivo, os personagens ficaram estão melhores e mais bem detalhados e o ambiente permite uma interação ainda maior. Tudo isso culmina em gráficos mais bonitos.

Life is Strange 2 - Análise / Review

A trilha sonora do game sempre dá um show desde o primeiro, aquelas musicas fazem você viajar, cada uma de acordo com o que está acontecendo na história, isso te deixa imerso de uma maneira espetacular.

Em muitos momentos você só quer ficar ali parado olhando para aquela bonita paisagem apreciando aquela trilha incrível. As músicas parecem ter sido selecionadas a dedo pela produção e deixa tudo beirando a perfeição.

Conclusão

Life is Strange 2 chega com uma história completamente diferente do seu antecessor mas não decepciona nem um pouco, continua firme com aquele apelo emocional que faz você realmente se importar com os personagens e com suas jornadas.

Além disso a Dontnod mostrou esmero ao introduzir algumas melhorias gráficas, uma jogabilidade mais aprimorada, mas sem perder a essência do primeiro título.

Obs: Os demais capítulos serão analisados e incluídos nesta análise assim que forem sendo lançados!

Pontos Positivos

  • História bem trabalhada
  • Trilha sonora
  • Gráficos mais apurados

Pontos Negativos

  • Demora para os próximos episódios

Life is Strange 2 já está disponível na Microsoft Store por R$ 124,00 em sua versão completa.

Life Is Strange 2 – Análise / Review

Microsoft LATAM
REVER GERAL
Gráficos
9
Jogabilidade
9
Som
10
História
9
"Boy I started on the bottom, made my way to the top!!" - Amo games, séries, filmes, música, NBA, NFL, futebol e sou quase um Engenheiro.