Vamos caçar aquele urso?

Hunting Simulator, o mais novo jogo da desenvolvedora belga Neopica e publicado pela Bigben Interactive chegou para PC, Xbox One e PS4. Sem muitos mistérios, como o próprio nome diz, Hunting Simulator têm o intuito de fazer você se tornar um grande caçador, cumprindo diversas tarefas e vários locais espalhados pelo mundo, buscando e capturando diversos animais selvagens.

O Universo analisou o game e o resultado dá nossa experiência você confere agora.

Saindo para caçar

Com a premissa de levar o jogador para lugares reais aonde é permitida a caça de vários tipos de animais selvagens; 35 no total. Dito isso, o game nos leva por 12 mapas com objetivos a serem cumpridos, além de outras sidequests que vão surgindo dentro das missões.

Você recebe uma pontuação para cada objetivo que é finalizado que vai mudando de acordo com o mapa e com a fase escolhida, que vai desde o animal em si que deve ser abatido além de qual órgão vital que deve ser acertado e situações diversas.

hunting simulator
Menu simples e direto

O game possui algumas modalidades, que são; campanha, caçada livre e também um modo online, público ou privado que pode ser jogado com até mais 3 amigos.

A arte de manusear a sua garrucha

A experiência de jogos de tiro têm a sua curva de aprendizado relativamente simples, com Hunting Simulator a premissa é a mesma. Não temos firulas, os comandos nos controles acompanham os padrões de jogos de tiro, sendo assim você não terá problemas para se adaptar. Existem alguns problemas de movimentação aqui e ali, mas nada que você não se acostume.

Antes de iniciar uma fase você deve escolher a sua arma e os seus ‘perks’. Você pode levar consigo até duas armas, cada uma para cada tipo de animal ou situação, além disso de acordo com a sua evolução dentro do jogo a disponibilidade de armas e vários outros itens que irão ajudar irá aumentar. Inibidores de cheiro, chamarizes, binóculos e outros itens vão sendo desbloqueados.

Já dentro das missões você precisa se atentar a algumas coisas para poder cumprir os objetivos, assim você precisa se atentar aos rastros deixados pelos animais, com essas informações você saberá a quanto tempo esse animal passou por ali e qual a direção para qual ele foi. Nesse quesito o jogo se comporta de uma forma bem interessante, pois você precisa ser cuidadoso para se aproximar aos animais, pois qualquer descuido fará com que os animais fujam e você precise recomeçar o processo de aproximação.

hunting simulator
Todo cuidado na aproximação

Finalizando os trabalhos

Hunting Simulator mesmo não possuindo um modo estória é um jogo completo e retrata bem o gênero. A desenvolvedora fez um bom trabalho em retratar os ambientes encontrados nos cenários propostos e guardados alguns problemas de movimentação do personagem e outros de iluminação a entrega feita pela Neopica é consistente.

hunting simulator
Procurando pelos rastros deixados pelos animais

Infelizmente este tipo de “esporte” não é muito popular em terras tupiniquins, mas para quem é fã, o game é um prato cheio. Você irá se divertir por diversos mapas bem trabalhados e terá uma quantidade generosa de animais disponíveis. Por fim, Hunting Simulator é garantia de diversão e imersão para os amantes do gênero.

O game já está disponível no Steam por R$119,99, na Microsoft Store por R$199,00 e na PlayStation Store por R$143,50.

Leia Também:  Pega essa Análise! Samurai Shodown

Análise: Hunting Simulator