NBA 2K17, é mais novo simulador de basquete da Visual Concepts, e distribuído pela 2K Sports. A série sempre manteve uma qualidade indiscutível de realismo, tanto por parte dos jogadores e plateia, quanto movimentação, cortes televisivos e tudo mais.

NBA 2K17

Será que 2K17 manteve essa tradição e ainda pode ser considerado o melhor jogo de esportes para Xbox One, desbancando FIFA, PES, e até mesmo o recém chegado F1 2016? Esse é o Universo Xbox e você confere agora a nossa análise.

NBA 2K17: Modos de Jogo

NBA 2K17 traz várias mudanças se comparado ao título anterior, e todas elas são muito bem vindas. O jogo possui 50GB+, para efeito de comparação, FIFA16 um pouco mais de 20GB e F1 2016, 30GB. É uma diferença enorme, mas que fica justificável com o que é apresentado. Você realmente tem a percepção de estar assistindo a uma transmissão da NBA, o realismo é absurdo, que chega a assustar (mas falaremos disso mais pra frente).

Análise: NBA 2K17O ponto de destaque em NBA 2K17 é o The Prelude, DLC stand alone lançado na semana passada que possui uma mini campanha que te introduz a história do game principal e que se torna sensacional, fazendo com que você tenha cada vez mais apego ao seu personagem.

Você percorre rapidamente a sua história esportiva no College americano ao lado de jovens reais que estão começando a fazer sucesso no basquete universitário.

Ao finalizar este modo você entra no modo My Career, onde, por detrás de um storytelling fantástico você vai fazer a carreira do seu personagem estourar, através do seu smartphone.

Você irá receber mensagens do seu treinador, receber pedidos para participar de jogos de exibição, eventos dos patrocinadores e até bater um papo bem legal com a sua mãe.

Na verdade nós poderíamos fazer uma análise falando somente  sobre o modo MyCareer por conta da imersão criada pelo time da 2K.

NBA 2K17: Jogabilidade

A versão do ano passado já era muito boa, mas NBA 2K17 é ainda melhor no que diz respeito ao realismo e como isso impacta em sua jogabilidade. Há muito mais contato entre os jogadores, e mesmo que sendo sutil é uma diferença notável.

Você percebe que os jogadores não ficam mais rodando entre eles como se fossem sabonetes deslizando em uma bacia, eles ganharam peso e isso influencia em como eles se comportam na disputas por espaços na quadra.

Análise: NBA 2K17Há fricção entre os jogadores, isso impacta como você corta a bola, como persegue um jogador, como você se desloca para o lado para arremessar, tudo isso têm um grande impacto na velocidade do jogo, mas sem dar a sensação de slowmotion, deixando a partida com uma fluidez mais real.

A bola ela tem uma dinâmica específica, aliás, agora ela se move realmente como uma bola de basquete quando lançada e não como um míssil feito em casa.

Análise: NBA 2K17Os passes e os lançamentos ficam pouco coisa a mais no ar, como se houvesse uma resistência do ar influenciando a trajetória da bola, o resultado disso são mais bolas perdidas, o que pode até soar como ruim, mas tudo isso gera uma partida menos previsível. Você realmente sente que está dentro de uma partida de basquete.

NBA 2K17: Visual

A realidade se tornou assustadora. Curry saltando, é exatamente como na realidade. Suas movimentações, celebrações únicas, expressões faciais e estilo de lançamentos parecem exatamente com o jogador na vida real.

Outros jogos possuem uma mecânica parecida, mas tudo fica muito robótico… já em NBA 2K17, chega a ser assustador a realidade do jogo imposta e criada e pela produtora.

Foram adicionadas várias novas animações no jogo que influenciam a forma como você rouba a bola, passa ou a arremessa.

Talvez você passe um jogo inteiro sem aquela sensação de déjà vu dentro da movimentação dos jogadores, a forma como você rouba uma bola não começa com a mesma movimentação todas as vezes e nem terminará da mesma forma, fica a dica EA! 😉

Análise: NBA 2K17Outra melhora interessante, é que no 2K16 eles haviam achado bacana algumas movimentações a lá Cirque du Soleil, bastante circenses e nada reais, mas ainda bem que isso foi corrigido no 2K17 e as movimentações estão bem mais reais e dentro do que realmente acontece dentro dos jogos na NBA.

NBA 2K17: Qualidade Sonora

Deixando de lado os jogadores e vendo pelo lado apenas visual, o jogo se comporta exatamente como uma transmissão televisiva, os cortes são rápidos e precisos e se  encaixam perfeitamente com os comentários da narração, aliás, essa no caso, melhor narração de todos os jogos esportivos.

Análise: NBA 2K17Uma pena que só quem domina a língua inglesa poderá aproveitar toda essa evolução tecnológica. Fica aqui um pedido nosso para a Take 2 Interactive para que ela comece a ver o mercado brasileiro com mais carinho, já que a NBA faz um grande sucesso entre os todos os amantes do basquete.

Mas mesmo assim,  se você se afastar da TV e apenas assistir a introdução de uma partida, com todos os jogos de luzes típicos americanos, contemplar o áudio e a narração, sentirá a verdadeira sensação de assistir a um jogo de verdade na NBA. É como se estivéssemos prestes a quebrar uma barreira entre o mundo real e virtual.

NBA 2K17: Conclusão

NBA 2K17 é um jogo imperdível, e que deveria servir de exemplo para outros jogos de esporte de como o trabalho deve realmente ser feito.

Há um respeito enorme com o público, pois o jogo entrega tudo o que você espera de um simulador de basquete e sim, ele vale cada centavo gasto, ainda mais em tempos que os jogos por aqui voltaram a ser vendidos a preços irreais.

Por fim, NBA 2K17 é um excelente jogo de esporte, e em nosso ponto de vista, está entre os top contenders a melhor jogo do ano no gênero esporte.

NBA 2K17 já está disponível na Microsoft Store por módicos R$249,00.Análise: NBA 2K17