Xbox Series X: Glossário completo dos Termos e Tecnologia

174
Xbox Series X wiki

Dúvidas sobre alguma especificação do Series X? A gente explica!

À medida que entramos em uma nova geração de jogos com o Xbox Series X, avançamos tecnológoicamente em hardware e software levando a nossa experiência de jogo para um nível jamais visto.

Sendo assim, depois de dezenas de novidades sobre o novo console, decidimos criar esse guia (Glossário/Wiki) para te ajudar a se familiarizar com alguns dos novos termos que estamos introduzindo para descrever tecnologias e funcionalidades do Xbox Series X.

ALLM (Modo de baixa latência automática) – Como parte do compromisso com a capacidade de resposta para a próxima geração de jogos de console, o Xbox Series X suporta o ALLM (Modo de baixa latência automática) com telas capazes. O ALLM ativa automaticamente o modo de latência mais baixa do monitor quando você começa a jogar.

Retrocompatibilidade com versões anteriores – Você terá acesso a milhares de seus jogos favoritos em quatro gerações de jogos, seus acessórios, seu legado de jogos e serviços como o Xbox Game Pass funcionando no Xbox Series X. Os jogos compatíveis com versões anteriores se beneficiarão do poder e do desempenho do Series X, resultando em taxas de quadros mais constantes, tempos de carregamento mais rápidos, resolução aprimorada e fidelidade visual.

DirectML – Suporte ao Machine Learning para jogos com DirectML, um componente do DirectX. O DirectML aproveita o desempenho de hardware sem precedentes em um console, beneficiando-se de mais de 24 TFLOPS de desempenho flutuante de 16 bits e mais de 97 TOPS (trilhões de operações por segundo) de desempenho inteiro de 4 bits no Xbox Series X. O Machine Learning pode melhorar uma ampla variedade de áreas, como tornar os NPCs muito mais inteligentes, fornecendo uma animação muito mais realista e melhorando muito a qualidade visual.

DirectStorage – O DirectStorage é um sistema de armazenamento totalmente novo, projetado especificamente para jogos, para proporcionar o desempenho total da descompactação do SSD e do hardware. É um dos componentes que compõem a arquitetura Xbox Velocity. Os jogos modernos executam o streaming de ativos em segundo plano para carregar continuamente as próximas partes do mundo enquanto você joga, e o DirectStorage pode reduzir a sobrecarga da CPU para essas operações de vários núcleos, levando apenas uma pequena fração de um único núcleo; liberando assim considerável poder da CPU para o jogo gastar em áreas como melhor física ou mais NPCs em uma cena. Esse mais novo membro da família DirectX está sendo introduzido no Xbox Series X e deverá chegar em breve ao Windows também.

Entrada de latência dinâmica (DLI) – Outra inovação criada para reduzir a latência é a Entrada de latência dinâmica (DLI). Com o DLI, os desenvolvedores podem sincronizar com mais precisão a entrada do jogador com a simulação do jogo e o loop de renderização, reduzindo ainda mais a latência da entrada durante o jogo.

Criação de trabalho de GPU – O Xbox Series X adiciona suporte de hardware, firmware e compilador de sombreador para criação de trabalho de GPU, que fornece recursos poderosos para a GPU lidar com novas cargas de trabalho com eficiência, sem qualquer assistência da CPU. Isso fornece mais flexibilidade e desempenho para os desenvolvedores oferecerem suas visões gráficas.

DirectX Raytracing Acelerado por Hardware (DXR) – Com iluminação, sombras e reflexos aprimorados, além de acústica e áudio espacial mais realistas, o raytracing permite que os desenvolvedores criem mundos mais precisos fisicamente. Pela primeira vez em um console de jogos, o Xbox Series X inclui suporte para rastreamento de raio acelerado por hardware de alto desempenho. O Xbox Series X usa uma GPU projetada sob medida, aproveitando a mais recente inovação da AMD e construída em colaboração com a mesma equipe que desenvolveu o DirectX Raytracing. Os desenvolvedores poderão oferecer experiências visuais e de áudio incrivelmente imersivas usando as mesmas técnicas no PC e além.

Hardware de Descompressão – É um componente dedicado introduzido com o Xbox Série X para permitir que jogos consumam o mínimo de espaço possível no SSD, eliminando toda a sobrecarga tipicamente associada com a descompressão em tempo de execução. Reduz a sobrecarga do software de descompactação ao operar com desempenho SSD total de mais de três núcleos de CPU para zero – liberando assim considerável poder da CPU para o jogo gastar em áreas como melhor jogabilidade e melhores taxas de quadros. A descompressão de hardware é um dos componentes da Xbox Velocity Architecture.

Entrega inteligente – Ppermite que os desenvolvedores instalem apenas as peças do jogo necessárias, minimizando a quantidade de conteúdo que precisa ser instalado ou baixado no SSD.

Latência – Capacidade de resposta do console e do controle, incluindo o tempo que leva para que sua entrada seja registrada pelo console e exibida na tela. Reduzir a latência resulta em uma experiência mais conectada e imersiva. O Xbox Series X será nosso console mais responsivo de todos os tempos, com latência ultra baixa com tecnologia avançada que minimiza a latência em todas as etapas do pipeline de jogos, para que você veja instantaneamente o impacto de suas ações na tela.

Mesh Shading – O sombreamento de malha permitirá que os desenvolvedores melhorem drasticamente o desempenho e a qualidade da imagem ao renderizar um número substancial de objetos complexos em uma cena. Por exemplo,ele permite que o jogador experimente cinturões de asteróides e campos de flores em detalhes mais complexos, sem perder o desempenho.

Resolução nativa – É um aprimoramento de compatibilidade com versões anteriores do Xbox Series X para jogos selecionados do Xbox One que lhes permite renderizar em 4K nativo, mesmo que não tenham sido originalmente projetados para 4K.

Otimizado para Xbox Series X – Jogos criados com o kit de desenvolvimento Xbox Series X e projetados para aproveitar os recursos exclusivos do Xbox Series X. Estes incluem novos títulos criados nativamente usando o ambiente de desenvolvimento Xbox Series X, além de títulos lançados anteriormente que foram reconstruídos especificamente para o Xbox Series X. Eles mostrarão tempos de carregamento incomparáveis, recursos visuais, capacidade de resposta e taxas de quadros de até 120 fps.

Arquitetura de resfriamento paralelo – Arquitetura de resfriamento paralelo é o nome do design inovador do sistema usado para resfriar o Xbox Series X. Construir um console que ofereça quatro vezes o poder de processamento do Xbox One X da maneira mais silenciosa e eficiente – algo que é de extrema importância toda a energia extra do console da próxima geração – levou ao seu design vertical exclusivo.

Project Acoustics – Incubada há mais de uma década pela Microsoft Research, o Project Acoustics modela com precisão a física de propagação de som em realidade e jogos mistos, empregada por muitas experiências AAA atualmente. É único na simulação de efeitos de ondas como difração em geometrias de cenas complexas sem sobrecarregar a CPU, permitindo uma experiência auditiva muito mais imersiva e realista. O suporte de plug-in para os mecanismos de jogos Unity e Unreal capacita o designer de som com controles expressivos para moldar a realidade. Os desenvolvedores poderão aproveitar facilmente o Project Acoustics com o Xbox Series X através da adição de um novo bloco de hardware de áudio personalizado.

Quick Resume – Um novo recurso desenvolvido pelos recursos técnicos e pela inovadora arquitetura Xbox Velocity da Xbox Series X, o Quick Resume permite que os jogadores alternem perfeitamente entre vários títulos e continuem instantaneamente a partir de onde você parou.

RDNA 2 – O processador projetado sob medida para o Xbox Series X utiliza o RDNA 2, a mais recente arquitetura gráfica de última geração de nossos parceiros da AMD. O RDNA 2 fornece um avanço significativo em desempenho e eficiência, além de recursos gráficos da próxima geração, como rastreamento de raio acelerado por hardware e sombreamento de taxa variável.

Sampler Feedback Streaming (SFS) – Um componente do Xbox Velocity Architecture, o SFS é um recurso que permite que os jogos carreguem na memória, com granularidade fina, apenas as partes de texturas que a GPU precisa para uma cena. Isso permite uma utilização de memória muito melhor para texturas, o que é importante, pois cada textura de 4K consome 8 MB de memória. Como evita o desperdício de carregar na memória as partes de texturas que nunca são necessárias, é um multiplicador eficaz de 2x ou 3x (ou superior) na quantidade de memória física e no desempenho do SSD.

Conversão SDR para HDR – Com o Xbox Series X, os jogos existentes do Xbox, incluindo títulos recentes no programa ID @ Xbox, que ainda não têm suporte nativo ao HDR, receberão o tratamento de última geração. O Xbox Series X é capaz de alavancar uma técnica inovadora de reconstrução HDR para aprimorar os jogos SDR existentes, sem nenhum trabalho dos desenvolvedores e sem impacto nos recursos disponíveis de CPU, GPU ou memória.

Entrega Inteligente -É uma nova tecnologia introduzida no Xbox Series X que garantirá que você sempre jogue a melhor versão dos jogos que você possui para o seu console, através de gerações. Todos os títulos do Xbox Game Studios otimizados para o Xbox Series X, incluindo “Halo Infinite”, oferecerão suporte ao Smart Delivery, fornecendo a melhor versão disponível para o console em que você escolher jogar. Por exemplo, isso significa que, se você comprar a versão Xbox One de um título suportado, identificaremos e forneceremos a melhor versão para o Xbox One, como de costume. Se você decidir pular para a próxima geração com o Xbox Series X, forneceremos automaticamente a versão otimizada do jogo para Xbox Series X, sem nenhum custo adicional, se e quando ele estiver disponível. O Smart Delivery está disponível para todos os desenvolvedores do Xbox.

Áudio espacial – Fornece um áudio profundamente imersivo, o que permite ao jogador localizar objetos com mais precisão em um espaço de reprodução 3D. Com suporte completo para Dolby Atmos, DTS: X e Windows Sonic, o Xbox Series X possui hardware de áudio personalizado para descarregar o processamento de áudio da CPU, melhorando drasticamente a acessibilidade, a qualidade e o desempenho dessas experiências imersivas.

TFLOPS (Teraflops) – TFLOPS (ou “teraflops”) significa Trilhão de operações de ponto flutuante por segundo e é uma medida do desempenho matemático bruto de uma GPU. Enquanto o Xbox Series X oferece 12 TFLOPS de desempenho de flutuação de 32 bits, duas vezes o do Xbox One X, as melhorias de eficiência arquitetônica trazidas pela arquitetura RDNA 2 da AMD, além de nossos recursos de próxima geração, como Variable Rate Shading (VRS) e DirectX acelerado por hardware Raytracing significa que o Xbox Series X oferece muito mais que o dobro do desempenho gráfico efetivo do Xbox One X para jogos.

Sombreamento de taxa variável (VRS) – O sombreamento de taxa variável aumenta a eficiência da GPU, concentrando o trabalho de sombreador onde é mais necessário e reduzindo o trabalho de sombreador em áreas onde não será perceptível. Com o mínimo esforço do desenvolvedor, o VRS melhora significativamente o desempenho da GPU, resultando em resoluções e taxas de quadros mais estáveis ​​e mais altas, sem perda perceptível na qualidade visual.

Taxa de Atualização Variável (VRR) – A Taxa de Atualização Variável é uma nova adição ao HDMI 2.1, que permite que as TV’s sejam atualizadas tão rápido quanto o console pode renderizar imagens, eliminando assim quebras, aumentando a suavidade e reduzindo a latência. Trabalhamos com os principais fabricantes de TV do setor para garantir que o ecossistema de telas esteja pronto para os recursos que estamos trazendo com o Xbox Series X.

Placa de expansão de armazenamento Xbox Series X – Criada em parceria com a Seagate, esta solução de armazenamento personalizado de 1 TB expande a capacidade de armazenamento do Xbox Series X com toda a velocidade e desempenho da arquitetura Xbox Velocity Architecture Os títulos Xbox da geração anterior ainda podem ser reproduzidos diretamente do USB externo 3.2 Discos rígidos. No entanto, para receber todos os benefícios da arquitetura Xbox Velocity e o desempenho ideal, jogos otimizados do Xbox Series X devem ser jogados a partir do SSD interno ou da placa de expansão de armazenamento do Xbox Series X.

Arquitetura do Xbox Velocity – É a nova arquitetura criada para o Xbox Series X para desbloquear novos recursos nunca antes vistos no desenvolvimento de console. Ele consiste em quatro componentes: nosso NVMe SSD personalizado, um bloco de descompressão de hardware dedicado, a nova API DirectStorage e Sampler Feedback Streaming (SFS). Essa combinação de hardware personalizado e profunda integração de software permite que os desenvolvedores melhorem radicalmente o fluxo de ativos e multipliquem efetivamente a memória disponível. Permitirá mundos vivos mais ricos e dinâmicos, diferente de tudo que já foi visto antes. Ele também elimina efetivamente os tempos de carregamento e torna os sistemas de deslocamento muito mais rápidos.

Protocolo sem fio do Xbox – Um dos primeiros pontos a reduzir a latência está na comunicação entre seu controlador e seu console. Ao trazer o protocolo sem fio de alta largura de banda e baixa latência existente na família de dispositivos Xbox One para o Xbox Series X, podemos não apenas reduzir a latência em sua experiência de jogo, mas também garantir que todos os acessórios de jogos Xbox One existentes ser compatível com o Xbox Series X.

Zen 2 – O processador personalizado do Xbox Series X utiliza a mais recente arquitetura de CPU Zen 2 da AMD. O Zen 2 fornece um avanço significativo no desempenho da CPU, oferecendo mais de 4 vezes o desempenho de um Xbox One X.

120 FPS – Com suporte para até 120 quadros por segundo (FPS), o Xbox Series X permite que os desenvolvedores excedam os 60 FPS mais tradicionais em favor do realismo aprimorado e controles mais precisos para ações em ritmo acelerado.