Comemore o 10º aniversário de Tales of Vesperia e o retorno deste jogo adorado pelos fãs com esta edição Definitiva!

Desenvolvido pela Bandai Namco, Tales of Vesperia Definitive Edition nos traz aquele tradicional JRPG que agrada muitos amantes dos games e da cultura japonesa. O nosso time fez uma análise deste game estilo anime e o resultado dessa experiência você confere agora. Tales of Vesperia Definitive Edition – Análise / Review

História

O game conta a história de Yuri Lowell, um jovem que tem de lidar com toda sua personalidade complicada.

No meio do caminho ele acaba conhecendo a princesa Estellise que se junta a sua jornada e acaba ajudando-o em busca de justiça. Além da princesa, durante essa aventura Yuri acaba encontrando novos e antigos amigos que ajudam ele nessa grande jornada.

O jogo ainda traz grandes reflexões que com certeza são muito semelhantes ao que vemos em nosso mundo atual, e nos faz repensar algumas atitudes.

Tales of Vesperia Definitive Edition - Análise / Review

Jogabilidade

A jogabilidade é relativamente simples e sem muitas complicações, basicamente ela funciona com quatro membros do grupo e cada um com seu conjunto único de habilidades e capacidades para derrotar os inimigos.

O jogador tem que saber muito bem como ele vai enfrentar seus inimigos pois não é simplesmente ficar só batendo completamente sem freio. Se você não souber controlar a hora de atacar e a hora se defender pode acabar se dando mal e morrendo.

Leia Também:  Forza Horizon 4 recebeu dois carros de Final Fantasy XV

Uma coisa que para quem não está familiarizado com essa saga pode ficar muito confuso é que o jogo não mostra muito o que o jogador tem que fazer, não tem nada de GPS com pontos marcados no mapa mostrando onde o jogador deve ir.

O máximo que o jogo faz é indicar direções através de diálogos com personagens. Em muita das vezes as dicas são como esta: ” A Floresta fica a leste do Castelo”, e isso pode ser um pouco frustante para a geração nutella.

A progressão dos personagens pode ser feita de várias maneiras, o jogador pode simplesmente encontrar algum item pelo mapa ou mesmo em lojas que vendem upgrades para deixar sua jornada um pouco menos complicada.

Tales of Vesperia Definitive Edition - Análise / Review

Gráficos e Som

Tales of Vesperia trata a trilha sonora com muito cuidado e trás uma trilha e que faz o fã de anime soltar até o controle para bater palmas pelas músicas envolventes que o jogo apresenta. A  trilha sempre vai no embalo do que está acontecendo na gameplay, em momentos tensos temos aquelas músicas mais impactantes, já em momentos mais calmos aquela suavidade emblemática.

Leia Também:  Manutenção na Live afetará o Xbox 360 e a retrocompatibilidade amanhã

O que não podemos deixar de ressaltar é o fato de o jogo ter legendas em português, coisa que não é muito comum quando falamos de JRPG, geralmente tem no máximo um inglês e japonês disponível.

Os gráficos seguem aquela linha de anime com traços bem específicos que costumamos ver em jogos JRPG.

Tales of Vesperia Definitive Edition - Análise / Review

Multiplayer

O modo multiplayer não tem lá muitas funcionalidade e acontece basicamente pelo coop local de até quatro jogadores onde cada jogador controla um personagem e ajuda na hora de realizar as batalhas, cada um com suas habilidades específicas referentes ao personagem controlado.

Conclusão

Tales of Vesperia é um JRPG que com certeza não foi feito para todos jogadores e sim para um nicho bem específico. No que diz respeito a proposta, ele cumpre o que promete e sua Edição Definitiva deixou ele bem mais bonito e com mecânicas mais leves que deve agradar muito os fãs da saga, mas para jogadores casuais isso pode não ser uma diferença no jogo.

Pontos Positivos

  • Personagens cativantes
  • Trilha sonora

Pontos Negativos

  • Muito repetitivo
  • Mapa confuso e sem explicação

Tales of Vesperia Definitive Edition já está disponível na Microsoft Store por R$ 200,00.

Tales of Vesperia Definitive Edition – Análise / Review