A parceria entre Bungie e Activision começou em 2010 e tinha previsão para durar até 2020.

De acordo a Kotaku, a direção da empresa comunicou a separação para os funcionários como algo positivo, já que a Bungie comprou os direitos de Destiny e agora é a única detentora dos direitos da franquia.

A empresa também fez um pronunciamento através do Twitter:

Em junho de 2018 a NetEase injetou 100 milhões na Bungie e se tornou uma acionista minoritária do estúdio.

Será que sem a Activision o estúdio irá conseguir crescer ainda mais? Deixe sua opinião aí nos comentários abaixo.

Leia Também:  The Occupation divulga nova data de lançamento